Ventura acusa César de cumplicidade no avolumar da contaminação na ilha Terceira

O deputado do PSD/Açores, na Assembleia da República, acusou hoje o líder parlamentar do PS, enquanto presidente do Governo Regional, de cumplicidade no processo de contaminação dos solos e aquíferos na ilha Terceira.

António Ventura afirmou, durante o debate dos Projetos de Resolução sobre a Base das Lajes, que Carlos César, no período que foi presidente do Governo dos Açores, foi “um dos responsáveis por esconder a contaminação”.

O social democrata recordou que, em 2008, quando foi tornado público o relatório norte-americano, relativo a 2005, que admitia a contaminação na ilha, o Governo Regional assumiu que esta não existia.

“O sr. é um dos responsáveis pela contaminação na Terceira, por a ter escondido e não ter feito a descontaminação”, afirmou o parlamentar açoriano.

Ventura lamentou a ausência do Governo da República durante este debate, entendendo que se trata de uma atitude de fuga, para não responder às questões.

Sobre as iniciativas hoje apreciadas em sede de plenário, o deputado do PSD referiu que o projeto de resolução social democrata remonta a dezembro de 2015 e que o do PS é de “há três dias atrás”, vindo “por arrastamento”.

“É um ato de contrição à incompetência do Governo e dos deputados do PS, acima de tudo”, realçou.

 

 

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/ventura-acusa-cesar-de-cumplicidade-no-avolumar-da-contaminacao-na-ilha-terceira/