Trabalhadores da Atlânticoline sem adesão à greve no início do ano

Direitos Reservados

Todas as viagens da empresa açoriana de transporte interilhas Atlânticoline estão a realizar-se sem adesão à greve no primeiro dia do segundo período de paralisação dos trabalhadores ligados à parte operacional, disse à Lusa fonte da empresa.

Luís Morais, administrador da empresa pública, explicou à Lusa que, durante a manhã, não se verificou qualquer adesão à greve convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante, Agências de Viagens, Transitários e Pesca (SIMAMEVIP), tendo-se realizado, até às 11:00 locais, duas viagens: uma das três enquadradas nos serviços mínimos e outra regular, na linha Azul.

O responsável acrescentou que, durante o primeiro período de greve, que se realizou no mês de dezembro, “só foram canceladas 14 das 175 viagens” previstas, o que representa 8% das travessias, “um número muito baixo”, já que “basta a ausência de um trabalhador” para que o barco tenha de ficar parado em terra.

Por outro lado, disse, “apenas durante dez dias do mês de dezembro houve trabalhadores em greve”.

De acordo com o administrador, esta paralisação afeta a “parte operacional” da empresa, ou seja “mestres, maquinistas, marinheiros e o pessoal de terra como bilheteiros ou pessoal de bagagem”.

Em causa estão cerca de 70 funcionários do universo global de 113 que integram a empresa.

A Atlanticoline, empresa responsável pelo transporte marítimo entre ilhas açorianas, definiu serviços mínimos diários para o período da greve.

A empresa sublinha que “ficam assegurados todos os serviços necessários à realização das operações de transporte determinadas por situações de emergência”, designadamente de urgência hospitalar, naufrágio, intempérie ou outras situações de força maior, entre as ilhas do Faial, Pico e São Jorge.

Para o período da greve foram definidos como serviços mínimos as viagens da Linha Azul Horta/Madalena/Horta (duas viagens diárias, com saídas da Horta às 07:30 e às 17:15).

Foram também definidas como serviços mínimos as viagens da Linha Verde Horta/Madalena/Velas (saída da Horta às 09:00).

A empresa recomenda que os passageiros façam as reservas e viagens nos horários dos serviços mínimos.

Lusa/+central

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/trabalhadores-da-atlanticoline-sem-adesao-a-greve-no-inicio-do-ano/