PSD quer saber se a Armada Portuguesa terá meios fixos nos Açores

Os deputados do PSD/Açores, na Assembleia da República, questionaram hoje o Primeiro-ministro sobre a possibilidade de fixar nos Açores parte dos recursos da Armada Portuguesa, ao abrigo do alargamento dos limites marítimos da Plataforma Continental.

Numa pergunta entregue no parlamento nacional, Berta Cabral e António Ventura consideram que o alargamento da Plataforma Continental representa uma “oportunidade única” de aspeto social, económico, ambiental e científico para Portugal e para as Regiões Autónomas, recordando que, no seu programa eleitoral das eleições Legislativas de 2015, o PSD contemplava a intenção de fixar parte dos recursos da Armada Portuguesa nos Açores.

“Continuamos a defender que é necessário melhorar o posicionamento estratégico da Armada Portuguesa e que os Açores são uma localização imprescindível e insubstituível, neste processo de alargamento dos nossos limites marítimos!”, referem, realçando que a localização geocentral dos Açores no atlântico “permitirá uma melhor vigilância e acompanhamento do nosso futuro espaço marítimo”.

OS social democratas destacam que os Açores “apresentam uma posição geoestratégica privilegiada” e que “afirmam Portugal no contexto mundial”.

Tendo em conta que a candidatura portuguesa prevê que Portugal acresça mais de dois milhões de quilómetros quadrados ao espaço marítimo atual — o que representa um aumento para lá das 200 milhas náuticas — os parlamentares açorianos querem saber se o Governo da República considera fixar parte dos recursos da Armada Portuguesa nos Açores e quais os meios que estão previstos serem fixados na Região.

 

 

 

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/psd-quer-saber-se-a-armada-portuguesa-tera-meios-fixos-nos-acores/