PSD critica políticas municipais de trânsito em Angra do Heroísmo

O grupo municipal do PSD em Angra do Heroísmo criticou hoje a gestão autárquica na área do trânsito, acusando o presidente do município, Álamo Meneses, de “governar de costas voltadas para os angrenses”.

No entender de Francisco Câmara, da bancada social democrata, o autarca devia ter em atenção “as necessidades e os anseios dos angrenses nas suas tomadas de decisão”, lamentando que isso “não acontece”.

O presidente da CPI (Comissão Política de Ilha) aponta como “caso gritante”, o “iminente fecho da Praça Velha, que Álamo Meneses confirmou em Assembleia Municipal, na passada sexta-feira, apesar da pública contestação que aquela medida gera entre os angrenses”.

O dirigente desafiou o presidente da câmara “a tornar público o estudo de trânsito que possui, onde outra das propostas é o condicionamento de trânsito na Rua da Sé, medida que muito irá prejudicar o nosso comércio”.

Francisco Câmara acusou ainda Álamo Meneses de “não ter tido sensibilidade para a intervenção na Rua da Guarita”, uma ação que qualificou como “intempestiva, e feita de uma hora para a outra, sem o devido aviso, prejudicando as pessoas e os negócios daquela zona. A intervenção poderia ter aguardado uma melhor altura, nomeadamente as férias escolares, de forma a não provocar tantos incómodos a todos quantos utilizam aquela via”.

Para o social democrata, Álamo Meneses “só teve em conta considerações eleitoralistas, preferindo para esse fim sacrificar, uma vez mais, os angrenses”.

 

 

 

 

GI PSD/+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/psd-critica-politicas-municipais-de-transito-em-angra-do-heroismo/