Procedimento dos Défices Excessivos: dívida dos Açores atinge 60% do PIB regional

Direitos Reservados

A 1ª Notificação 2021 do Procedimento dos Défices Excessivos evidencia o agravamento do endividamento da Região Autónoma dos Açores, no ano de 2020, colocando-o em cerca de 60% do PIB.

Este agravamento resulta do endividamento da SATA e do endividamento para lidar com os custos acrescidos da pandemia, atingindo um valor total na ordem dos 371,6 milhões de euros.

O valor da dívida pública de 2020 explica-se com a contabilização do novo empréstimo da SATA (132 milhões de euros) e com o endividamento adicional derivado das despesas impostas pela pandemia.

A dívida absoluta aproxima-se 2500 milhões de euros, sendo cerca de 197 milhões atribuíveis à contabilização da dívida da SATA garantida pelo governo, visto não ser expetável que a empresa assuma sozinha esse encargo.

+central

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/procedimento-dos-defices-excessivos-divida-dos-acores-atinge-60-do-pib-regional/