Paulo Estêvão questiona para quando a criação da estrutura orgânica do Ecomuseu do Corvo

EstêvãoA representação parlamentar do PPM, na Assembleia Legislativa dos Açores, questionou, na passada sexta-feira, o Governo Regional sobre o atraso que se verifica na criação da estrutura orgânica do Ecomuseu da ilha do Corvo, que já ultrapassa os dois anos, e para quando prevê o seu funcionamento na prática.

Em requerimento, o deputado Paulo Estêvão recorda que o Governo Regional remeteu para o Parlamento dos Açores o Projeto
de Intervenção Museológica referente ao Ecomuseu do Corvo, o qual prevê uma estrutura orgânica que engloba três Conselhos: Executivo, Científico e Consultivo.

Segundo o diploma, ao Conselho Executivo compete gerir e operacionalizar o projeto, nas suas duas vertentes de intervenção:
física e de dinamização sociocultural e ambiental. O Conselho Científico será composto por personalidades de reconhecido mérito, com elevado conhecimento do território e da sociedade corvina, que se constituirão como embaixadores do projeto junto da comunidade, atraindo-a e capitalizando conhecimentos. O Conselho Consultivo será composto por personalidades capazes de integrar e abranger o universo político/ideológico da sociedade corvina, que não exerçam cargos políticos.

 

Requerimento: Criação da estrutura orgânica do Ecomuseu do Corvo

 

+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/paulo-estevao-questiona-para-quando-a-criacao-da-estrutura-organica-do-ecomuseu-do-corvo/