ORAA/2021: PS denuncia abandono do Terceira Tech Island, Governo regional refuta acusações

Direitos Reservados

O PS/Açores acusou o Governo Regional de ter abandonado o projeto Terceira Tech Island, mas o executivo da coligação PSD/CDS/PPM sublinha que há uma verba de 520 mil euros para o projeto.

“Não se sabe se por revanchismo partidário sobre o trabalho feito no passado, se por incúria ou por má vontade, este importante tema não consta dos documentos provisionais para 2021. Não há referências no Orçamento ao Terceira Tech Island, nem há referências no Plano de Investimento, facto que muito nos preocupa”, afirmou o deputado socialista Berto Messias, numa conferência de imprensa, na Praia da Vitória, onde está instalado o projeto.

Lançado em 2018, com o objetivo de mitigar o impacto da redução militar norte-americana na base das Lajes, que eliminou cerca de 400 postos de trabalho, o Terceira Tech Island permitiu a instalação nos Açores de mais de 20 empresas da área digital e a criação de cerca de 170 empregos.

O Governo Regional, na altura do PS, assegurava o pagamento da formação de jovens em programação e o custo das rendas dos espaços onde se instalavam as empresas, estando prevista a recuperação do edifício onde funcionava a escola da Força Aérea norte-americana na base das Lajes para esse efeito no futuro.

Os socialistas acusam o atual executivo de desvalorizar o projeto, alegando que pode estar em causa o seu crescimento.

“As indefinições e omissões do governo sobre este tema podem comprometer irreversivelmente o seu crescimento, o seu sucesso ou até mesmo a sua existência. Verifica-se atualmente um abandono deste projeto. Não está claro quem tutela esta matéria na nova orgânica do governo nem quais as intenções futuras sobre o seu desenvolvimento”, salientou Berto Messias.

O deputado socialista disse que o Terceira Tech Island “não se resume ao pagamento de rendas dos espaços” e lembrou que a dinamização do projeto e captação de empresas era uma das competências da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), que considerou ter sido extinta de forma “apressada e errada”.

“Temos conhecimento de muitas queixas de empresários que pura e simplesmente não sabem o que vai acontecer, não sabem em que medida o projeto continua ou não continua. E quando o anterior governo cessou funções tínhamos já em carteira um conjunto de contactos para avaliar a instalação e o envolvimento neste projeto”, frisou.

Questionado pela Lusa, o secretário regional da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego, Duarte Freitas, disse estranhar as afirmações do deputado socialista, alegando que o Plano de Investimentos tem inscrita uma verba de 520 mil euros para o projeto.

“Acho muito estranho estas afirmações, porque já foi explicado publicamente que as verbas necessárias para o Terceira Tech Island estão nos documentos orçamentais. Isto já foi dito por mais do que uma vez”, avançou.

Duarte Freitas acrescentou que o executivo já comunicou à Câmara Municipal da Praia da Vitória (PS) a intenção de dar continuidade ao projeto e que mantém o contrato ARAAL celebrado com a autarquia, para o pagamento das rendas das empresas.

“São 30 mil euros de rendas por mês que a região paga através de contrato ARAAL com a Câmara Municipal da Praia da Vitória”, sublinhou.

Quanto à formação em programação, o secretário disse que terminou um curso recentemente e que será iniciado outro no próximo mês.

“Podiam ter-se dado ao trabalho de ver o ‘site’ da Academia de Código, que está a dar formação na Praia e já deu vários cursos. No ‘site’ da Academia de Código está previsto um novo curso começar no dia 10 de maio”, afirmou.

Questionado sobre a entidade que gere o projeto, Duarte Freitas disse que cabe à tutela da Juventude, Qualificação Profissional e Emprego assegurar as verbas para a formação, acrescentando que as pessoas que trabalhavam na SDEA serão ‘internalizadas’ no Governo Regional.

“Aquilo que a região pretende é continuar a captar empresas para o Terceira Tech Island e naturalmente com a Câmara Municipal da Praia da Vitória vamos ter um diálogo que esperamos que seja profícuo para continuar este projeto”, reforçou.

Lusa/+central

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/oraa-2021-ps-denuncia-abandono-do-terceira-tech-island-governo-regional-refuta-acusacoes/