Marinha percorre em 15 dias mais de 450 milhas em fiscalização no Mar dos Açores

O Navio da República Portuguesa (NRP) Jacinto Cândido, no decorrer da sua atividade operacional, realizou durante a primeira quinzena de abril, uma intensa atividade de vigilância e fiscalização, sobretudo das áreas de reserva, bem como nos limites da Zona Económica Exclusiva (ZEE) da Região Autónoma dos Açores.

Estas missões, realizadas em coordenação com a Autoridade Marítima Local, tiveram como principal objetivo impedir a atividade de pesca ilegal nas áreas protegidas, com o intuito de garantir a preservação das espécies existentes, tendo a fiscalização incidido no cumprimento dos regulamentos para o exercício da pesca na área marinha protegida do banco D. João de Castro, nos limites da Zona Económica Exclusiva afeta ao Arquipélagos dos Açores, bem como em bancos de pesca normalmente frequentados por embarcações de pesca nacionais e estrangeiras.

Foi ainda dada especial atenção á verificação das condições de segurança das embarcações e do pessoal embarcado, nomeadamente, a confirmação da existência a bordo dos meios de salvamento individuais e coletivos exigidos para cada tipo de embarcação.

Simultaneamente e no decorrer das ações da fiscalização, as equipas do NRP Jacinto Cândido sensibilizaram os mestres das embarcações para os aspetos da segurança marítima, alertando para a importância da correta utilização dos equipamentos de segurança.

Durante este período foram percorridas mais de 450 milhas náuticas, tendo sido fiscalizadas embarcações nacionais e estrangeiras, todas elas a operar legalmente na ZEE dos Açores.

 

 

 

 

Foto: Marinha

CPPD/+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/marinha-percorre-em-15-dias-mais-de-450-milhas-em-fiscalizacao-no-mar-dos-acores/