Luís Garcia insta à participação cívica dos açorianos em 2022

Direitos Reservados

O presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores apelou ontem à participação cívica dos açorianos, no ano de 2022, fazendo ouvir a sua voz e não desistindo da Região.

Na tradicional mensagem de Ano Novo, Luís Garcia pediu “a todos que não desistam da nossa
Região, nem de fazer ouvir a vossa voz, seja no dia-a-dia da comunidade ou dentro das nossas instituições maiores”.

Citando um estudo recente, o presidente do parlamento dos Açores alertou para a necessidade de se inverter a tendência de um déficit de participação dos cidadãos na vida pública, “a começar pela participação eleitoral”.

“Bem sei que há pouco tempo tivemos autárquicas, mas não podemos deixar de participar nas eleições nacionais e, assim, fazer ouvir a voz dos Açores na República, e nas decisões fundamentais para o futuro do País”, referiu, enfatizando que “é preciso combater o desânimo e o desinteresse fácil, bem como
incentivar a ida dos açorianos às urnas no fim de janeiro”.

Sobre a situação atual do arquipélago, Luís Garcia convocou “todos – açorianos de Santa
Maria ao Corvo, sem esquecer os que estão espalhados pela Diáspora – para esta tarefa de desenvolver e transformar a nossa Região”.

“Precisamos, mais do que nunca, de gente motivada, e de empresários com vontade de investir e dinamizar a nossa economia. Precisamos, também, de uma cultura de diálogo e de tolerância. Para
ouvir e aceitar as ideias dos outros e, sobretudo, para construir plataformas de entendimento, que permitam resolver problemas há muito diagnosticados ou emergentes”, salientou.

Sobre o futuro, Luís Garcia realçou que “precisamos acreditar que, em 2022, vamos tornar a abrir as nossas ilhas ao mundo”.

“Queremos voltar a receber, os muitos que nos deixaram de visitar, sobretudo os açorianos, que na diáspora, em particular nos Estados Unidos e no Canadá, ficaram condicionados, pelas circunstâncias da
pandemia”, concluiu.

+central

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/luis-garcia-insta-a-participacao-civica-dos-acorianos-em-2022/