Governo dos Açores gastou mais no GaCS do que com toda a Comunicação Social privada

Segundo a listagem de transferências correntes e de capital, publicada pela Secretaria-Geral da Presidência do Governo Regional, o executivo açoriano gastou, em 2016, mais com o seu Gabinete de Comunicação (GaCS) do que com todos os apoios legais atribuídos à Comunicação Social privada, ao abrigo do programa PROMEDIA III.

Na publicação, datada de 27 de fevereiro de 2017, os apoios atribuídos por Portarias da secretaria regional Adjunta da Presidência para os Assuntos Parlamentares, durante todo o ano de 2016, tiveram um valor total de 327.552,38 euros, enquanto que o executivo regional informou, em resposta a requerimento do PPM/Açores, que tinha despendido, no mesmo ano, com o Gabinete de apoio à Comunicação Social 503.991,85 euros.

Os apoios atribuídos aos órgãos de comunicação social dos Açores representam 64% do valor total pago ao GaCS, para a divulgação de, apelidada por toda a oposição regional, “propaganda governamental”.

Apesar do executivo açoriano referir por várias vezes que a comunicação social privada na Região é “um garante da democracia”, atribui, a um departamento seu, com idênticas funções, um valor consideravelmente superior.

Ainda assim, o Plano Regional Anual do ano de 2016 contemplava no seu Programa 13 – Informação e Comunicação, na ação 13.1, destinada ao Apoio aos Media uma verba de um milhão de euros. Resta saber onde foi investido o restante montante.

Secretaria-Geral da Presidência: Listagem de transferências correntes e de capital

 

 

 

Foto: GRA

+central

 

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/governo-dos-acores-gastou-mais-no-gacs-do-que-com-toda-a-comunicacao-social-privada/