Governo dos Açores denuncia “falhas” na emissão de baixas médicas

Direitos Reservados

O secretário regional da Saúde e Desporto dos Açores manifestou o seu desagrado pelas “falhas” que têm ocorrido na emissão de certificados de incapacidade temporária, vulgarmente conhecidos como baixas médicas.

Numa nota informativa enviada às redações, a secretaria regional da Saúde e Desporto adianta que Clélio Meneses já fez chegar o seu “descontentamento” à empresa fornecedora do sistema informático “MedicineOne”, utilizado pelos centros de saúde, devido aos “constrangimentos que este sistema tem apresentado nas últimas semanas”.

O governante aponta, entre outras, falhas na emissão dos Certificados de Incapacidade Temporária (CIT), situação que tem provocado “impactos diretos e graves na vida dos utentes” do Serviço Regional de Saúde, responsabilizando o fornecedor da plataforma pela “ineficácia na resolução do problema”.

Em resposta às críticas da secretaria regional da Saúde e Desporto, a MedicineOne refere estar “dependente” dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), uma vez que “é necessária uma alteração na integração com uma plataforma central gerida pelos SPMS/Segurança Social”.

À falta de respostas para a resolução do problema, já está agendada uma reunião entre todas as partes, por iniciativa do secretário regional da Saúde e Desporto.

Lusa/+central

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/governo-dos-acores-denuncia-falhas-na-emissao-de-baixas-medicas/