Cláudia Martins quer Praia da Vitória Capital Europeia da Cultura

A candidata do PSD à Câmara Municipal da Praia da Vitória, que tem como mote de campanha “Devolver a Vitória à Praia”, anunciou hoje que quer “encetar um conjunto de transformações na dinâmica cultural do concelho, de modo a preparar a cidade para uma futura candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027”.

As afirmações de Cláudia Martins decorreram na apresentação de mais um elemento da sua candidatura, o professor Rui Espínola, responsável pelas áreas da Educação e Cultura neste projeto. Rui Espínola é licenciado em História pela Universidade dos Açores e conta com um vasto currículo e experiência nesta área, nomeadamente no associativismo, dirigismo local, membro ativo do Carnaval da ilha Terceira, músico e colaborador do Comité Organizador de Festivais da Ilha Terceira (COFIT).

Segundo Rui Espínola, “a Cláudia Martins apresentou-me um projeto ambicioso, credível e que de facto pretende mudar a Praia da Vitória para melhor, com uma aposta clara na educação e cultura do nosso Concelho”.

Questionados sobre as medidas a aplicar na área cultural que consideram prioritárias para atingir este objetivo e que serão implementadas no seu mandato, responderam que “é fundamental democratizar o acesso à cultura, transformando desde logo o Auditório do Ramo Grande num amplo e abrangente centro cultural do Concelho, onde se possa continuar a proporcionar espetáculos com artistas e grupos locais, mas abrindo-o também a outros agentes culturais regionais, nacionais e internacionais. Queremos recuperar o Festival do Ramo Grande e o Festival de Blues, assim como organizar o 1º Festival Internacional de Filarmónicas dos Açores. Não deixaremos de apoiar também o associativismo Praiense, uma vez que defendemos que devem ser parceiros na dinâmica cultural do Concelho. Tudo isto só será possível com uma ação concertada de promoção e divulgação da nossa riqueza cultural também no exterior, de modo a captar um segmento de turismo que nos visitará e saberá dar valor ao que somos e temos” afirmou a candidata social-democrata.

A finalizar as suas declarações, Cláudia Martins referiu que “o Concelho tem um património cultural muito rico e diversificado, que precisa urgentemente de ser projetado e valorizado. Estas são algumas medidas que surgem integradas no nosso programa cultural com que nos candidatamos às eleições de outubro de 2017, que darão ao Concelho o peso e notoriedade necessários para a efetivação de uma candidatura da Praia da Vitória a cidade Capital Europeia da Cultura”.

 

 

 

 

Foto: PSD

GI PSD/+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/claudia-martins-quer-praia-da-vitoria-capital-europeia-da-cultura/