CDU/Açores quer “melhorar as condições de vida” dos pescadores na Terceira

apires_vsilvaO primeiro candidato da CDU Açores pelo círculo eleitoral da Terceira, às legislativas regionais, afirmou hoje que, a cada dia que passa, agravam-se as dificuldades dos pescadores e das suas famílias, por toda a ilha.

“Estes são os problemas para os quais nos temos de voltar. É fundamental que a política regional reverta a favor das pessoas”, afirmou Vítor Silva, após uma ação de contato com pescadores no porto de São Mateus, em Angra do Heroísmo, onde esteve acompanhado do coordenador regional, e também candidato, Aníbal Pires.

O candidato considerou que os pescadores “estão entre os trabalhadores mais afetados por esta situação”, recordando que a jornada média mensal ficou-se pelos 56 Euros, em 2016.

“Quem é que sobrevive com 56 Euros mensais,” questionou.

Vítor Silva, referindo-se à questão do sucesso escolar, indagou “como é que se pode esperar um bom aproveitamento escolar quando muitas das nossas crianças vão para a escola com fome”.

“Estas são as questões para que é preciso olhar, e não apenas em tempo de eleições. Tivemos quatro anos em que se podia ter feito diferente”, lamentou o candidato da CDU pela Terceira.

Segundo Vítor Silva, “ao contrário de outros, a CDU mantém a coerência quer na República, quer na Região”.

“Por exemplo, fico estupefacto com a proposta do CDS sobre a idade da reforma para os 60 anos, quando foi o ministro Mota Soares, do CDS, que na República aumentou a idade da reforma”, recordou.

No entender do candidato, “é por estas atitudes que as pessoas desmotivam da participação e dizem que os partidos são todos iguais. Mas a CDU é diferente, porque nós estamos constantemente com as pessoas, mesmo quando não há eleições e as nossas propostas mantêm-se ao longo do tempo”, concluiu Vítor Silva.

 

 

 

 

 

Foto: CDU Açores

GI CDU/+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/cduacores-quer-melhorar-as-condicoes-de-vida-dos-pescadores-na-terceira/