CDU defende introdução de manuais escolares gratuitos nos Açores à semelhança do Continente

Aníbal PiresO primeiro candidato da CDU defendeu hoje a introdução de manuais escolares gratuitos nos Açores, tal como já acontece no continente, por proposta do PCP.

“O que temos agora é uma discriminação inaceitável das crianças açorianas, fruto das contradições e incoerências do PS. Enquanto no continente o PS, sem maioria, aprova a proposta do PCP, nos Açores, o mesmo PS mas com maioria absoluta, chumba essa mesma proposta, não se importando que assim esteja a prejudicar as crianças açorianas em relação às do continente”, afirmou Aníbal Pires, numa acção de contacto com encarregados de educação de alunos do 1º ciclo do ensino básico, sublinhando que “esta é a diferença que faz existir ou não uma maioria absoluta”.

No entender do comunista açoriano, os manuais escolares “são um encargo cada vez mais pesado para as famílias”, atingindo as muitas centenas de euros nalguns níveis de ensino, que o candidato considera “prioritário” aliviar, por isso tem proposto por diversas vezes no Parlamento Regional a gratuitidade dos manuais escolares de todos os ciclos de ensino da escolaridade obrigatória.

“Esta medida teria um custo inferior a 1% do total do investimento regional, mas representaria um alívio significativo para as famílias açorianas, dando um contributo positivo para o sucesso escolar, para além de garantir o direito constitucional à Educação, em condições de igualdade”, considerou Aníbal Pires, salientando que o PCP “vai continuar a luta pela introdução de manuais escolares gratuitos nos Açores”.

 

 

 

 

GI CDU/+central

 

Link permanente para este artigo: https://maiscentral.com.pt/cdu-defende-introducao-de-manuais-escolares-gratuitos-nos-acores-a-semelhanca-do-continente/