XXIX Encontro de Coros da Ilha Terceira decorre no próximo fim de semana

A 29ª edição do Encontro de Coros da Ilha Terceira tem lugar a 20 e 21 do corrente mês de maio, no Grande Auditório do Centro Cultural de Angra do Heroísmo, e encerrará com a interpretação em conjunto da peça “Terceira Bem Amada”, um original do escritor e poeta Álamo de Oliveira com música do maestro e compositor Antero Ávila.

No sábado, dia 20, com início pelas 20h30, arranca a edição deste ano, atuando, pela ordem atribuída por sorteio, o Orfeão da Praia da Vitória, o Coro Allegro, o Coro PACTIS, o Coro AMIT, e o Coro Tibério Franco, seguindo-se a atuação conjunta de todos interpretando, além da estreia da peça “Terceira Bem Amada, os temas “Fantasia” – Folclore da Terceira, de Antero Ávila e o tema “A Concert Celebration” de Andrew Lloyd Weber.

Esta edição conta ainda com a participação especial da Orquestra de Sopros da Ilha Terceira, que acompanha musicalmente todos os intervenientes do primeiro dia de atuação, com exceção do Orfeão da Praia da Vitória.

O Orfeão da Praia da Vitória, fundado em 1993, e atualmente dirigido pela maestrina Ana Teresa Cota, interpretam os temas “Canção do Mar” – de Ferrer Trindade e Arranjo de J. Vicente Narciso – e “Povo Que Lavas no Rio” – Poema de Pedro Homem de Mello e Arranjo de M. Roseira Dias. Seguidamente o Coro Allegro, com direção artística da maestrina Grinoalda Àvila, traz-nos o tema “O Cirandeiro”.

A terceira atuação da noite está a cargo do Coro Pactis, que interpretará os temas “Love of My Life” (de Freddie Mercury e arranjo de Poty Fontenelle) e “Who Wantes to Live Forever” (m´suica de Brain May, arranjo para voz e orquestra de Fedor Vrtacnik). O coro feminino, foi fundado em 1991 por Fátima Gonçalves que o dirige desde então.

“Ave Maria (Antero Ávila”) e “Adiemus” (Karl Jenkis com arranjo de SATB por Nicholas Hare) foram os temas escolhidos pelo Coro Padre Tomás de Borba da Academia Musical da Ilha Terceira. O Coro cmelhor conhecido por Coro AMIT, foi fundado em 1981 e é atualmente dirigido pela maestrina Alla Lanova.

Antes da atuação conjunta, que fechará o primeiro dia desta vigésima nona edição, atua o Coro Tibério Franco da Terra-Chã, que interpretará a conhecida melodia açoriana “Bela Aurora” (harmonização de Hélder Bettencourt). O Coro é uma associação cultural autónoma, fundada em 1995 e é dirigido pelo maestro Ricardo Henriques.

No domingo, dia 21, com início pelas 16h00, atuam os coros infanto-juvenis,. Assim, a abrir o segundo dia desta edição canta o Coro Infantil do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo que interpretará cinco temas da autoria do Padre Tomás de Borba – “Deixai-a Dormir, Deixai-a”, “A Lua Desce”, “Piscatória”, “Ecos” e a “Canção do Marinheiro Grego”, finalizando a sua atuação com um tema tradicional italiano “Tu Scendi Dalle Stelle”. A Direção artística e musical é da maestrina Ana Paula Pereira e o grupo será acompanhado musicalmente pelo pianista José Fonseca.

Seguidamente atuará o Grupo Coral Juvenil Orvalho dos Açores que interpretará “Canção de Maio”, de Luís Costa, “Verdes são os Campos”, de Zeca Afonso, “Ave Maria” de Michal Lorenc, “O Salão da Ma~e”, de Igor Bilozir, “The Prayer”, de Carole Bayer Sager e David Foster e “Minha Mãe Querida” de V. Gavrilina. A direção artística é da maestrina Yaroslava Roussal, e o grupo será acompanhado por Mikhayl Roussal na flauta transversal e Olga Lysa ao piano.

A terceira atuação do dia pertence ao Coro Juvenil do Conservatório Regional de Angra do Heroísmo, que escolheu os temas “Coro dos Camponeses” de P. Mascagni (da ópera “La Cavalleria Rusticana), “Gesù Bambino, de L. Larson, com arranjo de Pietro Yon, “Ave Maria”, de W. Gomez e harmonia de J. L. Blasco, a peça tradicional espanhola “A la Nanita Nana” e “Agnus Dei”, de M- Smith. A Direção musical é da maestrina Ana Paula Pereira e o coro será acompanhado pelos pianistas Olga Lysa e José Fonseca.

Finalmente, e a encerrar o segundo dia de atuações deste edição, atuará o Coro Juvenil do Ramo Grande, com os temas “Girassol”, de M. Santos e Arranjos de F. Cardoso, “Lálphabet” de W. Mozart, “A Noite” de A. Cartageno, Audition Time, e “Dois Ratitos”. O coro, que foi criado em 2016, é dirigido pela sua fundadora Alla Lanova, e será acompanhado ao violino por Elena Kharambura e ao piano por Francisco Rocha.

“A edição deste ano tem todos os ingredientes para repetir o êxito a que os coros participantes nos têm habituado anualmente, com a cereja no topo do bolo que é sem dúvida a peça original criada por Álamo de Oliveira e Antero Ávila. A não perder”, salientou a vereadora Raquel Caetano Ferreira, que conta que o público não falte a este magnífico evento, aberto ao público.

 

 

 

 

Foto: Cartaz

GC CMAH/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/xxix-encontro-de-coros-da-ilha-terceira-decorre-no-proximo-fim-de-semana/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.