Terceira Tech Island : PSD acusa Governo dos Açores de “vender ilusão” da ilha Terceira

O presidente da Comissão Política de Ilha do PSD/Terceira lamentou hoje a postura do Governo dos Açores na promoção da ilha através do projeto Terceira Tech Island, considerando que o mesmo “não passa de uma ilusão”.

Em reação à apresentação do vídeo promocional do projeto, Francisco Câmara refere que o executivo açoriano “oferece uma mão cheia de nada”, tentando colmatar a sua “falta de visão e estratégia” para a segunda maior economia dos Açores.

“O vice-presidente do Governo oferece casas americanas, na Base das Lajes, cuja posse não está definida e cuja devolução não foi aceite por Portugal”, afirma o dirigente social democrata, recordando que isso mesmo foi assumido pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros, em junho deste ano, numa audição em Comissão Parlamentar.

Francisco Câmara esclarece ainda que, “além das casas ainda estarem na posse dos norte-americanos, nem sequer foram realizadas as obras de adaptação necessárias, nomeadamente água, esgotos e eletricidade, como é o caso das habitações do bairro americano “Nascer do Sol”, oferecidas no vídeo de promoção do Terceira Tech Island”, acrescentando que “ao oferecer casas ainda na posse dos americanos, Sérgio Ávia vende uma ilusão”.

O PSD/Terceira realça ainda que na área das tecnologias de informação e dos seus clusters, “é sabido que os investidores procuram zonas cosmopolitas, com elevado grau de interligação a outros destinos, o que não é o caso da Terceira”.

“É promovido um destino — Terceira — cada vez mais isolado, com cada vez menos gente e uma população cada vez mais envelhecida, onde estão a ser reduzidas as ligações aéreas, como é o caso dos voos diretos com a Alemanha, Espanha e Porto”, salienta Francisco Câmara, questionando “quem quer vir viver para uma ilha onde o número de ligações aéreas tem sido reduzido e onde se anunciam maiores reduções?”.

Sobre a redução de impostos anunciada, o presidente da CPI do PSD/Terceira realça que além do seu anúncio não é especificado o seu conteúdo.

Em relação aos destinos deste tipo de investimento, Francisco Câmara dá como exemplo a Irlanda, “onde os impostos sobre o trabalho e o rendimento das empresas são consideravelmente mais baixos”, enfatizando que “impostos efetivamente mais baixos, esses sim, atraem o setor das novas tecnologias”.

“Novamente, e também aqui, Sérgio Ávila vende uma ilusão”, considera.

Sobre o vídeo em concreto, Francisco Câmara destaca a alta qualidade da imagem e do som, porém alerta que “como se destina essencialmente a investidores internacionais, deveria ter sido elaborado em língua inglesa, mais adequada aos objetivos da promoção”.

Ainda sobre o vídeo promocional, o social democrata terceirense lamenta que o anúncio remeta para “um sítio de informação na Internet ainda em construção, e sem qualquer informação ou detalhe sobre as condições oferecidas aos investidores, o que deveria ter sido garantido antes de se iniciar a promoção do Terceira Tech Island”.

“Mais uma vez o Governo Regional vende uma ilusão de uma forma que não prestigia a região nem cativa os investidores que se pretendem atrair”, concluiu.

 

 

 

 

GI PSD/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/terceira-tech-island-psd-acusa-governo-dos-acores-de-vender-ilusao-da-ilha-terceira/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.