Terceira Tech Island: Governo dos Açores acredita na anulação do impacto da redução de efetivos nas Lajes

O vice-presidente do Governo dos Açores acredita que o ‘Terceira Tech Island’ vai criar condições para anular os impactos de redução dos efetivos militares na Base das Lajes, na ilha Terceira.

“A excelente dinâmica na captação de empresas, de criação de emprego qualificado e também de consolidação de um projeto que irá, com certeza, na sua plenitude, criar condições para até anular os impactos de redução da atividade da Base das Lajes”, afirmou hoje Sérgio Ávila, em jeito de balanço do projeto ‘Terceira Tech Island’, anunciando que seis empresas nacionais e internacionais já se instalaram na ilha.

Para o titular da pasta do Emprego e Competitividade Empresarial, o balanço é “extremamente positivo” e assume-se como um “enorme sucesso, superando as expetativas que tínhamos no seu desenvolvimento inicial”.

Sérgio Ávila adiantou que as empresas ACIN – iCloud Solutions, Bool, B-Synergy, Bring, CodeforAll e Glintt estão já instaladas e a desenvolver a sua atividade na Praia da Vitória, recrutando programadores formados no âmbito do ‘Terceira Tech Island’.

“A última empresa a instalar-se na Praia da Vitória foi a Glintt – Global Intelligent Technologies, uma das maiores empresas tecnológicas nacionais”, frisou.

Segundo o governante, o projeto conjuga a captação de empresas para instalação na Praia da Vitória com o desenvolvimento de um programa de formação intenso e exigente, mas que assegura “um enorme grau de empregabilidade”, perspetivando a criação de um ‘hub’ e de um centro tecnológico como resposta para a dinâmica económica, criação de emprego e para o desenvolvimento da atividade empresarial centralizada na Praia da Vitória.

 

 

GaCS/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/terceira-tech-island-governo-dos-acores-acredita-na-anulacao-do-impacto-da-reducao-de-efetivos-nas-lajes/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.