Socialistas querem consenso sobre prioridade nacional à economia do Mar

O Partido Socialista leva a debate no parlamento, na próxima quinta-feira, o tema da “economia do mar e setor marítimo-portuário”, considerando que esta área requer amplo consenso político por se assumir como estratégica para os interesses nacionais.

Em declarações à agência Lusa, o deputado socialista João Azevedo Castro referiu que o tema da economia do mar vai agora subir pela primeira vez para debate em plenário nesta legislatura e defendeu a necessidade de o parlamento fazer já “uma reflexão sobre uma questão que é estratégica”.

“Penso que 2018 pode ser um ano relevante para o processo de extensão da plataforma continental”, apontou o deputado do PS eleito pelo círculo dos Açores, numa alusão ao facto de a Comissão de Limites das Nações Unidas estar em vias de retomar esta questão.

“A Assembleia da República deve envolver-se neste tema, porque o mar é um dos principais recursos do país e está por explorar. Em relação à economia do mar, admito que pode haver alguma divergência política [entre esquerda e direita] sobre o peso que deve ter o Estado, ou sobre o papel do setor empresarial. Mas deve existir consenso político em torno da ideia de que o mar é uma prioridade nacional”, sustentou João Azevedo Castro.

O deputado do PS salientou depois que o setor marítimo-portuário tem registado “um elevado crescimento, quer no que se refere a cargas, quer no que respeita a navios de cruzeiro”.

“Queremos também que haja uma reflexão sobre gestão sustentável da pesca e sobre a aquacultura. O mar tem um potencial de emprego muito grande, o que é um dado relevante para a economia nacional”, acrescentou João Azevedo Castro.

 

 

 

 

Lusa/+central

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.