Dez 15 2017

Saudaçor, S.A. tem 34 funcionários e uma dívida superior a 600 milhões de euros

O Governo dos Açores informou ontem que a empresa Saudaçor, S.A. tem, além do seu conselho de administração, 34 funcionários e, à data de 31 de março de 2017, uma dívida — comercial e financeira — de 600 889 489 euros.

Em resposta a um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do CDS-PP, a 21 de março de 2017, o executivo açoriano refere que a grande maioria da dívida da empresa decorre da transferência da dívida financeira dos três hospitais, assumindo que têm sido cumpridos todos os prazos de pagamento.

Deste valor global de dívida, 117 178 354, 28 euros são a curto prazo e o restante — 483 711 134, 72 euros — de médio e longo prazo.

Na resposta, o Governo Regional informa que as despesas globais de funcionamento da Saudaçor, S.A., traduzem-se nas despesas inerentes ao desenvolvimento das atividades necessárias à prossecução dos objetivos atribuídos estatutariamente — gastos com pessoal e despesas administrativas — bem como despesas decorrentes de atividades de apoio ao Serviço Regional de Saúde (SRS) — protocolos, compromissos e outros acordos plurianuais com IPSS´s e outras instituições.

Sobre o conselho de administração, composto por três elementos, é referido que o seu presidente aufere um vencimento de 5 671,50 euros e cada um dos Vogais aufere 4 113,50 euros de vencimento, acrescidos de ajudas de custo sempre que ocorrem deslocações para fora da ilha onde está sediada a empresa.

 

Receitas. despesas e dívidas da SAUDAÇOR, SA.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.