Saída do Governo da ATA gera preocupação entre empresários do turismo nos Açores

Desde o final do passado mês de setembro que a SATA deixou de ser associado da Associação de Turismo dos Açores (ATA), situação que está a preocupar os restantes associados do setor.

A posição mais clara dessa preocupação tem sido a da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo, na pessoa do seu presidente Rodrigo Rodrigues, que entende ser necessário que o acionista único da empresa de aviação açoriana — Governo dos Açores — dê “garantias claras” que irá assumir os seus compromissos financeiros.

Em declarações ao jornal Correio dos Açores, Rodrigo Rodrigues sublinhou que “o Governo criou a ATA para ter uma estrutura que se pudesse candidatar aos fundos comunitários para promover os Açores como destino turístico, e desta forma ir buscar 85% de fundos comunitários”, apontando esta ação como “uma questão meramente jurídica, pois ao Governo dos Açores cabe promover a Região como destino turístico, o Governo é, na prática, o único cliente da ATA”.

“Não pode o Governo anunciar agora que vai sair da ATA, assim sem mais nem menos. Para sair o Governo tem que deixar garantias claras de assumir os seus compromissos financeiros, ou seja tem que pagar antes de sair, e tem que renovar o contrato programa para garantir a continuidade da própria ATA”, refere o empresário, realçando que “não serão os cerca de 180 empresários privados que são os sócios da ATA que vão assumir esta responsabilidade”.

O presidente da associação empresarial das ilhas Terceira, Graciosa e São Jorge revelou publicamente, na passada semana, que a ATA estava sob investigação do Ministério Público, declarações que caíram mal junto dos associados.

A somar a tudo isto, a Associação de Turismo dos Açores apresenta uma divida de 7,4 milhões de euros à banca, passivo contratado em 2012, na gestão de Francisco Gil, do qual só eram pagos juros, mas já este ano a ATA pagou cerca de 1,9 milhões de euros de capital.

De salientar que a auditoria externa pedida pelo Governo dos Açores à ATA já foi concluída sem que se conheçam ainda os resultados.

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/saida-do-governo-da-ata-gera-preocupacao-entre-empresarios-do-turismo-nos-acores/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.