Região lança campanha nacional de promoção do leite e laticínios dos Açores

Neto ViveirosO Governo Regional promove, a partir de hoje, a primeira fase de uma campanha nacional de promoção do leite e laticínios dos Açores através de múltiplos suportes, designadamente televisão, rádio, imprensa, mupis, rede Multibanco e Internet, tendo como objetivo aumentar a sua notoriedade e consumo.

O secretário regional da Agricultura e Ambiente, na apresentação desta campanha, salientou que ela se insere na “estratégia de desenvolvimento estabelecida para o setor agropecuário e agroindustrial dos Açores, enquadrada nas políticas multissetoriais, potenciadoras da capacidade exportadora e da valorização dos produtos regionais”.

Luís Neto Viveiros acrescentou que a iniciativa também se integra “no âmbito das medidas determinadas pelo Governo dos Açores com o propósito de contribuir para que a fileira do leite ultrapasse, com sucesso, os desafios que atualmente enfrenta”.

Na sua intervenção, frisou que se produz nos Açores, “em condições ímpares na Europa e no Mundo, um leite único, considerado, sem favores e com sustentação científica e técnica, um dos melhores entre os melhores”, acrescentando, no entanto, que é possível “crescer ainda mais”.

“Em quê? Em inovação, na diversificação e valorização dos produtos e, em consequência, em vendas e na penetração de mercados”, afirmou.

“Promover o que bem fazemos, como o fazemos e como só fazemos, em toda a Europa, é, por isso, absolutamente necessário e estratégico”, pois “enquanto consumidores, compramos preferencialmente o que conhecemos e os produtos alimentares em que confiamos”, salientou Neto Viveiros.

O titular da pasta da Agricultura destacou ainda que esta iniciativa, que envolve um investimento público de cerca de meio milhão de euros, suportado por fundos regionais, é “um contributo que o Governo assumiu no âmbito da estratégia pública para o fortalecimento do setor e, também, enquanto parceiro do Centro Açoriano de Leite e Lacticínios (CALL)”.

Numa cerimónia que também contou com a presença da Federação Agrícola dos Açores, da ANIL e da Lactaçores, membros fundadores do CALL, Luís Neto Viveiros destacou que a sua constituição “corporiza o espírito do Fórum do Leite e operacionaliza a Declaração de Compromissos alcançada em fevereiro deste ano”, nomeadamente com o objetivo de “envidar esforços conjuntos no sentido da promoção, valorização, inovação, partilha de informação e conhecimento a favor do setor e da economia da Região”.

“Este desígnio comum em prol da promoção e valorização do leite e laticínios dos Açores, favorece todos: produção, transformação e comercialização”, frisou.

Luís Neto Viveiros destacou ainda, face ao problema de escoamento, que o Governo dos Açores, “numa visão integrada do setor, está a potenciar a utilização da Marca Açores no exterior, criada para diferenciar a origem dos produtos, enquanto sinónimo de qualidade e dos atributos mais distintivos do arquipélago: a natureza, o elevado valor ambiental, a diversidade e a exclusividade”.

O executivo regional, frisou, decidiu igualmente “reforçar a estratégia de acesso e fidelização de mercados, por via de missões empresariais, campanhas e participação em feiras e certames, que é operacionalizada pela Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA)”, que também esteve presente na sessão de lançamento desta campanha, que será potenciada com diversas outras ações promocionais.
 

 

Foto: GRA

GaCS/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/regiao-lanca-campanha-nacional-de-promocao-do-leite-e-laticinios-dos-acores/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.