PSD quer saber qual a execução dos 600 mil euros destinados a combater o abandono escolar em 2018

O grupo parlamentar do PSD/Açores questionou hoje o executivo regional sobre o grau de execução da verba alocada, em sede do Plano Anual Regional, para o combate ao abandono escolar, no ano de 2018.

Em requerimento entregue no Parlamento açoriano, a deputada e porta-voz dos social democratas para a Educação, Maria João Carreiro, quer saber em que ações está a ser investida esta verba, destinada a combater o abandono escolar precoce e o insucesso escolar.

“É certo que a taxa de abandono escolar precoce nos Açores baixou, mas a verdade é que essa redução é mais lenta do que no Continente e estamos ainda muito afastados da média europeia. Ora, esses resultados leva-nos a questionar a eficácia das políticas adotadas pelo Governo, mas sobretudo a estar ainda mais vigilantes”, refere a parlamentar.

Em 2017, a percentagem de jovens entre os 18 e os 24 anos que não concluiu o 12.º ano nem está a estudar nos Açores situou-se nos 28%, mais do dobro da média nacional — que não chegou aos 13%.

“Entre 1998 e 2017, a taxa de abandono escolar precoce nos Açores baixou 32% mas no Continente essa mesma taxa desceu a um ritmo mais acelerado e para valores muito inferiores”, frisa a deputada Maria João Carreiro, reforçando que “os Açores continuam muito distantes da convergência nacional e da europeia”.

No requerimento, o grupo parlamentar do PSD/Açores requer ainda ao executivo que clarifique a meta definida para 2018 em termos de taxa de abandono escolar precoce nos Açores, lembrando que, em consonância com a Estratégia Europeia para a Educação e Formação 2020, o ProSucesso define como objetivo principal a redução da taxa de abandono escolar precoce para níveis inferiores a 10%.

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/psd-quer-saber-qual-a-execucao-dos-600-mil-euros-destinados-a-combater-o-abandono-escolar-em-2018/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.