PSD quer conhecer razões da anulação do concurso para o transporte de carga aérea e correio

O deputado do PSD/Açores, na Assembleia da República, entende que o Governo deve explicações sobre a anulação do concurso para o transporte de carga aérea e correio, em regime de concessão, nas rotas entre Lisboa, Terceira e Ponta Delgada.

Numa nota enviada à nossa redação, António Ventura refere que “esta já é a segunda vez que é anulado este concurso”, e que o Governo da República continua sem dar explicações, aos deputados sobre o sucedido.

“Solicitamos esclarecimentos sobre este concurso em maio de 2017 e novamente a semana passada”, salienta, constatando que “infelizmente, e mais uma vez, o Governo desrespeita o Parlamento por ter ultrapassado os prazos regimentais previstos [trinta dias], o que significa uma desconsideração a todos os deputados”.

No entender do social democrata, o Governo “esconde do Parlamento as informações que não lhe convém, prejudicando, neste caso, os Açores, pois tem criado uma falsa expectativa aos Açorianos”.

“Este é o Governo que só gosta de dar boas noticias e esconde aquelas que não lhe são favoráveis”, lamenta.

O parlamentar açoriano recorda que os transportes aéreos nos Açores são “um meio fundamental” para qualquer estratégia de comercialização com o exterior.

“Neste sentido, a capacidade de transporte de carga aérea tem sido muito limitada, criando dificuldades a diversos setores de produção e comercialização da Região”, realça, concretizando que “encontram-se nestas dificuldades de expedição de carga para o continente, produtos como lácteos e cárnicos, o peixe e as próteas”, sendo confrontados com falta de espaço nos transportes aéreos.

António Ventura recorda, ainda, que o anterior Governo da República, da responsabilidade do PSD/CDS, já tinha dado inicio a um procedimento público com vista a colmatar esta lacuna no transporte de carga aérea entre os Açores e o continente.

“Somos da opinião de que numa lógica de abertura dos Açores ao mundo, as ligações com o restante território nacional têm de assegurar o indispensável serviço público, onde se inclui para além da mobilidade das pessoas a vertente comercial dos setores produtivos como o agrorural e o agroalimentar”, entende o deputado açoriano.

De acordo com o deputado do PSD, “as limitações de carga aérea têm criado um crescente prejuízo no planeamento, gestão e organização de determinadas produções agrorurais e agroalimentares”, sendo que “as incertezas na disponibilidade de carga aérea, provocam constrangimentos que se repercutem nas fileiras produtivas, impondo desmotivação nos produtores e, consequentemente, dúvidas quanto ao rendimento a obter”.

 

 

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/psd-quer-conhecer-razoes-da-anulacao-do-concurso-para-o-transporte-de-carga-aerea-e-correio/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.