PSD quer Assembleia Municipal extraordinária para analisar “gestão desastrosa” na Praia da Vitória

O grupo municipal do PSD da Praia da Vitória anunciou hoje que vai requerer a realização de uma assembleia municipal extraordinária para debater a “gestão financeira desastrosa” do sector empresarial do município, “comprovada pela recente auditoria do Tribunal de Contas”.

“As competências e obrigações, legais e democráticas, de acompanhamento e fiscalização por parte da assembleia municipal em relação ao órgão executivo impõem a realização de uma sessão extraordinária que analise esta situação de tamanha gravidade e importância para o futuro do concelho”, afirmou o líder do grupo do PSD na assembleia municipal da Praia da Vitória, Clélio Meneses.

O requerimento tem por base a “gravidade e repercussão financeira, política, pública, social e económica da mencionada auditoria no município e na vida dos praienses”.

“Não pode esperar-se pela realização da sessão ordinária de junho, nem é adequado, sequer, analisar e discutir uma problemática desta profundidade e amplitude entre outros pontos da ordem de trabalhos de uma sessão ordinária”, alegou o social-democrata.

Relembre-se que, na semana passada, foi divulgado o relatório da auditoria do Tribunal de Contas que “confirma o descalabro financeiro” do município da Praia da Vitória e a existência de uma “administração paralela que o encobre e alimenta, e com um avolumar da dívida que ascende a 24,5 milhões de euros”.

“Os dados apresentados pelo Tribunal de Contas terão impacto na vida dos praienses, que ver-se-ão confrontados com o aumento de impostos e com constrangimentos a possíveis investimentos”, referiu.

Clélio Meneses acrescentou que “o assunto se revela ainda mais premente perante a posição do presidente da câmara, que em vez de querer corrigir o que está mal nas contas e na gestão da Município, prefere atacar uma instituição altamente credível como o Tribunal de Contas, revelando falta de maturidade e de humildade”.

“Os praienses merecem respeito. As famílias e as empresas da Praia da Vitória vão ser obrigadas a pagar a fatura da gestão financeira desastrosa do Partido Socialista na câmara municipal. Os praienses vão ter uma ‘Troika’ no concelho como consequência da irresponsabilidade do PS”, sublinhou.

 

Foto: PSD Açores

GI PSD/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/psd-quer-assembleia-municipal-extraordinaria-para-analisar-gestao-desastrosa-na-praia-da-vitoria/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.