Produtos agrícolas açorianos “precisam de uma estratégia de internacionalização”

venturaO coordenador do Grupo de Trabalho sobre o Leite, da Comissão de Agricultura e Mar, da Assembleia da República, defendeu hoje a criação de uma estratégia de internacionalização dos produtos agrícolas dos Açores, como forma a melhorar a economia da Região.

“A produção de leite nos Açores é superior em cerca de seis vezes à procura interna”, afirmou António Ventura, após a audição da Lactaçores, considerando que a exportação é a “força motriz” para melhorar a economia da Região e aquela que “carece de maior atenção da politica regional”.

O deputado lembrou que, nos últimos trinta anos, a Região duplicou a sua produção de leite, situando-se agora nos 600 milhões de litros.

“É tal esta dimensão que os Açores já representam 32,5% do todo nacional e possuem metade dos produtores de leite de Portugal”, constatou, acrescentando que a Região precisa, para o processo de exportação de lácteos, “aprofundar a eliminação dos custos de circuito, o que só pode ser conseguido com uma melhoria do Programa POSEI”.

“Um Programa que deve passar a contemplar uma vertente evidente de internacionalização”, salientou.

O social democrata realçou que “numa Região sem mercado interno, com elevados custos de transporte e com um alarmante envelhecimento e despovoamento de oito Ilhas, urge criar um POSEI que promova a internacionalização da comercialização dos nossos produtos agroalimentares, aliás, outros países estão a apostar em plataformas de comercialização internacional como é o caso da Irlanda”, e considerou que “o artigo 349.º do Tratado pode ser mais utilizado e dotar-se de alcance jurídico, institucional e politico para a devida integração das RUP´s, refletindo as dinâmicas da solidariedade e da subsidiaridade”.

“A conquista de mercados externos, consegue-se com uma política de acompanhamento e de prospeção de novas oportunidades. Mas esta é uma politica que não existe”, lamentou, referindo que a par desta politica externa, “importa promover a investigação aplicada ao setor agroalimentar, para a obtenção de uma inovação que justifique a diferenciação do conteúdo nutricional no setor lácteo Açoriano”.

António Ventura louvou o trabalho da Lactaçores, uma cooperativa que reúne várias cooperativas dos Açores e que tem tido um papel de afirmação do leite e produtos lácteos no Continente português, na Europa e em países terceiros.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/produtos-agricolas-acorianos-precisam-de-uma-estrategia-de-internacionalizacao/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.