Prestação Social para a Inclusão teve um aumento superior a 700% nos Açores em 2018

O número de beneficiários da Prestação Social para a Inclusão (PSPI) nos Açores registou um aumento superior a 700% nos primeiros quatro meses de 2018, revela a estatística da Segurança Social.

Segundo os dados agora publicados, a 31 de dezembro de 2017 existiam 306 açorianos que beneficiavam deste apoio, número que aumentou para 2 402 a 1 de maio de 2018.

Este aumento representa um acréscimo superior a 784% relativamente ao último mês de 2017.

A Prestação Social para a Inclusão foi criada pelo atual Governo da República, em outubro do ano passado, como forma de apoiar as pessoas com deficiência, estando prevista para graus de incapacidade iguais ou superiores a 60%.

No caso de graus de incapacidade entre os 60% e os 80%, é atribuída uma componente base de 264 euros que poderá ser acumulada com os rendimentos da pessoa com deficiência.

Nestes casos, o valor de referência para a componente base é de 3.171,84 euros por ano e o limiar de acumulação para rendimentos de trabalho é de 8.500 euros anuais, valor acima do qual há direito a benefícios fiscais. O limiar de acumulação com rendimentos não profissionais é de 5.084,30 euros por ano.

Já nos casos de graus de incapacidade iguais ou superiores a 80%, a componente base poderá ser acumulada com rendimentos de trabalho e será atribuída independentemente do nível de rendimentos dos beneficiários.

Também o número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI) registou um aumento no mês de abril na Região Autónoma dos Açores, passando de 18 908 beneficiários no final de março para 19 981 a 1 de maio de 2018.

Comparativamente ao período homólogo, é notório o aumento de beneficiários do RSI nos Açores. Em abril de 2017, estavam registados 17 995 beneficiários, menos 986 que em abril do corrente ano. Esta tendência de crescimento regista-se há oito meses consecutivos.

O número de famílias beneficiárias deste apoio social na Região registou em abril igualmente um aumento, relativamente ao mês anterior. Agora são apoiadas mais 56, num total 6 651 famílias açorianas.

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/prestacao-social-para-a-inclusao-teve-um-aumento-superior-a-700-nos-acores-em-2018/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.