PCP denuncia situação de risco para a saúde pública nas Flores

A representação parlamentar do PCP/Açores, na Assembleia Legislativa dos Açores, denunciou hoje que os despojos dos abates no Matadouro da ilha das Flores são depositados ao ar livre, sem qualquer cobertura, onde permanecem durante vários dias, sendo parcialmente espalhados por gaivotas nos terrenos circundantes.

Em requerimento entregue no parlamento regional, o deputado João Corvelo questiona sobre as razões do não funcionamento da incineradora do matadouro da ilha das Flores.

Para o parlamentar comunista, esta situação, a confirmar-se, configura um “gravíssimo atentado ambiental”, tanto mais grave quanto está a ser promovido por entidades públicas governamentais, “em clara e explícita violação da lei”.

“A existência de equipamentos de proteção ambiental e eliminação e tratamento de resíduos nos matadouros é um imperativo de uma rede de abate moderna e de qualidade, que não pode ser posta em causa pela incúria das entidades responsáveis”, é referido no documento.

 

 

 

 

 

GI PCP/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/pcp-denuncia-situacao-de-risco-para-a-saude-publica-nas-flores/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.