Paulo Mendes quer Angra do Heroísmo como “um museu a céu aberto”

O candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Angra do Heroísmo quer tornar o concelho de Angra do Heroísmo num “autêntico museu a céu aberto”, com a requalificação das antigas infraestruturas militares do concelho – como o Forte de Santo António, ou o Forte dos Coelhos – e a criação de um Centro de Interpretação da Batalha da Salga, como forma de valorizar o património histórico e cultural do concelho, que poderá ser potenciado em termos pedagógicos e como produto turístico.

Numa visita ao Forte de Santo António, uma de várias antigas fortificações militares da ilha Terceira que estão em avançado estado de degradação, e que até já foi utilizada como curral de porcos e galinheiro, Paulo Mendes diz que o primeiro passo é “inventariar todas as infraestruturas militares existentes no município, e classificar estes espaços, de modo a ser possível aceder a fundos comunitários para a sua requalificação”, para, posteriormente, ser criada uma rota das fortificações, uma ideia apoiada pela candidatura do BE, que seria uma grande mais-valia para o Turismo.

A recuperação destes espaços irá permitir “reviver a história da ilha em todas as suas dimensões: económica, social, geográfica e militar”, disse o candidato do BE.

 

 

 

 

Foto: BE Açores

GI BE/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/paulo-mendes-quer-angra-do-heroismo-como-um-museu-a-ceu-aberto/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.