Paulo Gomes denuncia “tentativa de boicote” da sua candidatura à presidência da Associação de Futebol

A candidatura de Paulo Gomes à presidência da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo (AFAH) denunciou hoje uma tentativa de “aparente boicote” ao processo eleitoral a ter lugar, de acordo com os regulamentos, até ao final do próximo mês de junho.

“Em causa está a falta de resposta à nossa candidatura aos pedidos de esclarecimentos formulados, através de missivas, aos presidentes da Assembleia Geral, Milton Morais Sarmento, e da direção, Nuno Maciel”, refere em comunicado.

No essencial, a candidatura de Paulo Gomes pretende saber quais os requisitos necessários, ao abrigo dos estatutos, para a apresentação da candidatura à presidência da AFAH e se existe uma data prevista para a realização das eleições e quantos e quais os clubes votantes.

Paulo Gomes estranha, igualmente, a não realização da Assembleia Geral de apresentação de contas do exercício de 2017.

No comunicado de imprensa remetido às redações, a candidatura refere que o presidente da Assembleia Geral, “conforme a cópia da carta a disponibilizar aos órgãos de comunicação social”, considera que “não lhe cabe o papel, ou o dever, de ser consultor jurídico, nem da Associação de Futebol de Angra do Heroísmo, nem de qualquer dos seus associados”, desligando-se desta forma do processo eleitoral, acrescentando ainda que o presidente da direção da AFAH “nem se dignou responder à missiva da candidatura de Paulo Gomes”.

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/paulo-gomes-denuncia-tentativa-de-boicote-da-sua-candidatura-a-presidencia-da-associacao-de-futebol/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.