Paim Bookshouse Gallery abre na ilha do Pico com o retorno às folgas

Paim Bookhouse Gallery (Galeria Livraria Paim) vai abrir as suas portas ao público, no primeiro fim de semana do Azores Fringe Festival. Localizada na freguesia de Santa Luzia, na ilha do Pico, a reconstrução de uma casa antiga agora é mais um ponto de interesse cultural na ilha.

Manuel Azevedo, mais conhecido por Arménio, é um emigrante canadiano que visita a ilha montanha por períodos extensos durante o ano. Depois de reconstruir a casa dos seus avós, decidiu investir em arte e nas tradições criando, assim, uma oportunidade onde visitantes e residentes possam conviver com arte. “É um sonho realizado” diz Arménio, “dar nova vida a uma casa velha, agora cheia de livros e arte.”

São 26 artistas do estrangeiro, de várias regiões de Portugal e da ilha do Pico que já fazem parte do espólio da Paim Bookhouse Gallery e da exposição estreia. Milhares de livros de autores locais, bem como nacionais e estrangeiros, em várias línguas, podem ser apreciados e lidos, assim como uma secção especial em que o público pode “deixar um livro, levar um livro”.

As célebres folgas ou serões, onde se dançava os bailhos de outrora, que raramente se vê hoje mas tinham presença em todas as freguesias da ilha do Pico, vai ser revivido na noite de abertura da Paim Bookhouse Gallery, onde músicos da ilha estão convidados a se juntar ao convívio e à celebração, a partir das 21h de domingo 28 de maio.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

MiratecArts/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/paim-bookshouse-gallery-abre-na-ilha-do-pico-com-o-retorno-as-folgas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.