Oposição acusa município de esconder estudo sobre operacionalidade do aeroporto da Horta

Os vereadores do PSD na Câmara Municipal da Horta acusaram hoje o presidente do município de esconder o estudo sobre a melhoria das condições de operacionalidade do aeroporto do Faial, considerando essa atitude “inaceitável e antidemocrática”.

Em comunicado, Luís Garcia, Laurénio Tavares e Hugo Parente recordam que, mesmo sem prever, nos documentos orientadores do investimento municipal para 2017, medidas ou financiamento para a resolução de constrangimentos nas acessibilidades aéreas, a maioria socialista na Câmara anunciou a criação de um grupo de trabalho para avaliar e estudar as soluções mais viáveis para melhorar as condições de operacionalidade do aeroporto da Horta, designadamente a ampliação da sua pista.

No entender dos social democratas, “estas circunstâncias provam que a vontade da maioria socialista em intervir nesta temática não é genuína, mas corresponde a uma tática eleitoral desenhada em reação à contestação cívica e à derrota do PS no Faial nas eleições regionais, em outubro passado”.

Segundo os eleitos na oposição municipal, a apresentação publica do estudo sem antes ser dado a conhecer aos vereadores do PSD comprova “uma das marcas desta maioria socialista neste mandato: o permanente e insultuoso desrespeito pelo Órgão Câmara Municipal e pelos vereadores da oposição”.

Os vereadores acrescentam que mesmo após requerimento, entregue a 13 de abril, continuam sem obter resposta sobre o assunto, tendo questionado o presidente do executivo camarário em reunião de Câmara, realizada a 25 de maio, o mesmo respondeu que primeiro iria entregar o estudo ao Governo da República, à semelhança do que já fizera ao Governo Regional e à ANA, e só depois aos outros partidos.

“Esta justificação é inaceitável e antidemocrática”, criticam, salientando que “os vereadores da oposição não são outros partidos, são membros da Câmara Municipal, para a qual foram eleitos e têm, por isso, a mesma legitimidade democrática que os membros da maioria”.

Os social democratas realçam que em democracia existem regras que devem ser respeitadas e cultivadas, entendendo que esta atitude viola o estatuto do direito da oposição ao “sonegar-lhes informação”.

“Caso a maioria mantenha esta sua atitude antidemocrática, os vereadores do PSD tomarão outras iniciativas para denunciarem e exigirem a entrega de uma cópia do referido estudo”, afirmam, estranhando “este segredo que a maioria socialista anda a fazer” com o referido estudo.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/oposicao-acusa-municipio-de-esconder-estudo-sobre-operacionalidade-do-aeroporto-da-horta/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.