Municípios açorianos querem fundo para investir nas estradas municipais

A Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores (AMRAA) vai avançar com a proposta, junto do Governo da República, para criação de um fundo para a melhoria das estradas municipais, considerando o desinvestimento verificado nas acessibilidades do país e ilhas. 

“A AMRAA entendeu ser fundamental a implementação de uma estratégia que permita a concretização de um programa especial, direcionado aos Municípios para a reparação das estradas municipais. Considerando que as nossas vias não foram contempladas pelo quadro comunitário, por opção do anterior governo português, urge a criação de medidas que contribuam para o desenvolvimento e coesão social da Região. Não é possível ficarmos dez anos à espera, por falta de recursos, deste investimento que abrange mais de 50% das vias municipais”, adiantou Roberto Monteiro, no final de uma reunião do Conselho de Administração desta entidade, na Praia da Vitória.

“Acredito que estamos no caminho certo a nível regional, assumindo um compromisso de confiança com as ilhas, pela sua importância estratégica no atlântico. Por este motivo, continuamos a trabalhar na persecução de ações que visem o crescimento económico regional e , consequentemente, reforcem a qualidade de vida da população”, referiu.

Roberto Monteiro destacou também o arranque de vários projetos estruturais para os municípios da Região, incidindo nos temas da gestão autárquica e valorização da oferta turística regional.

“De forma a agilizar o funcionamento das câmaras, será criada uma base de dados que reunirá boas práticas e informações para que a administração local funcione o melhor possível. Esta será elaborada não só pelas autarquias da Região, mas também em conjunto com as municípios da Madeira e das Canárias. A mesma poderá ser consultada por qualquer autarca destas regiões.”, referiu.

“Foram ainda adjudicados mais dois projetos para os 19 concelhos, que visam a promoção turística dos mesmos. Um deles assenta no conceito das dez melhores experiências a viver na Região, considerando a crescente procura desta temática na atualidade. O outro, traduz-se na criação de um programa televisivo que ilustra as mais-valias de cada concelho açoriano. A transmissão do mesmo ocorrerá na RTP Internacional, a fim de abranger as comunidades da diáspora. Este será ainda disponibilizado a todas as autarquias no sentido de promover os pontos fortes de cada local”, acrescentou.

Na ocasião, Roberto Monteiro ressalvou o desempenho positivo das câmaras açorianas na execução dos fundos comunitários, considerando que as mesmas já implementaram 25% do valor atribuído em projetos, o que se traduz num investimento de 45 milhões de euros.

“A aplicação de 45 milhões de euros na Região, proveniente dos fundos comunitários, tem um impacto muito positivo nas pequenas e médias economias das ilhas. Neste sentido, gostaria de destacar o excelente trabalho realizado pelos municípios na concretização de projetos dinamizadores e com projeção local e regional”.

Roberto Monteiro reforçou, em jeito de conclusão, a importância da AMRAA na promoção e desenvolvimento das ilhas, através dos objetivos atingidos nos últimos anos. O representante desta entidade demonstrou-se orgulhoso por integrar este grupo de trabalho.

 

 

 

 

Foto: CMPV

GC CMPV/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/municipios-acorianos-querem-fundo-para-investir-nas-estradas-municipais/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.