Município quer potenciar centro histórico com deslocalização de serviços públicos

RTP PraiaO presidente da autarquia praiense considera que a vinda da delegação da RTP (Rádio Televisão Portuguesa) na Terceira para a Praia da Vitória irá contribuir para o aproveitamento dos espaços já existentes, como a Academia de Juventude e o Auditório do Ramo Grande, o desenvolvimento e reforço da atratividade do centro histórico da Cidade, tornando-a um ponto de referência, e a promoção da vertente da formação, através do reforço da ligação entre esta entidade e a Escola Profissional local.

Roberto Monteiro intervinha no âmbito da entrega das novas instalações ao Conselho de Administração da RTP-Açores, que decorreu na tarde de terça-feira. A partir deste mês, esta estação de televisão e rádio estará sediada na Escola Beira-Mar, localizada na Rua Aniceto D’Ornelas.

“A deslocação da delegação da Terceira da RTP-Açores permitirá a rentabilização de espaços como a Academia de Juventude e das Artes e o Auditório do Ramo Grande, que reúnem condições técnicas de excelência, mas infelizmente estão subaproveitados. Acredito que, com esta parceria, possamos potenciar ao máximo esses meios, estabelecendo uma troca de conhecimentos e experiências”, realçou o autarca.

“Outra das nossas metas consiste em promover o desenvolvimento do centro histórico da Praia da Vitória, considerando que os grandes investimentos das últimas duas décadas foram efetuados na zona litoral da cidade e na zona de expansão”, disse.

“No âmbito desta dinamização do centro histórico, a Câmara Municipal deslocou todos os serviços de interação com o munícipe, bem como a Sociedade de Promoção e Reabilitação de Habitação e Infraestruturas (SPRHI). Estamos também a concluir o processo de negociação com a repartição de finanças a fim de centralizar este serviço. Acreditamos que a deslocação destes serviços contribui para uma maior valorização do nosso centro histórico”, acrescentou.

“É importante mencionar a ligação existente entre a RTP e a Escola Profissional da Praia da Vitória, tendo em conta que muitos dos técnicos da RTP lecionam ou orientam os estágios dos alunos deste estabelecimento, promovendo a formação técnica e humana dos nossos jovens. Esta parceria, através da proximidade física entre as duas entidades, reforçará certamente essa ligação”, evidenciou.

Na ocasião, o edil praiense referiu ainda que considera as intervenções realizadas como um investimento e não uma despesa, considerando a reprodutividade que esta mudança poderá vir a ter para o Concelho, Ilha e Região.

“Cerca de 65 por cento das obras neste edifício já estavam previstas, designadamente intervenções na cobertura e de recuperação deste património. As restantes 35 por cento resultaram de uma adaptação dos projetos desenvolvidos, que exigiram uma visão a médio longo prazo, visto que vivemos numa era digital na qual as novas tecnologias são cada vez mais valorizadas. Acredito que foi um bom investimento e que dará muitos frutos no futuro”, enfatizou.

As intervenções concretizadas nesta infraestrutura estão orçamentadas em 300 mil euros.

 

 

GP CMPV/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/municipio-quer-potenciar-centro-historico-com-deslocalizacao-de-servicos-publicos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.