Município melhora acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida na Praia da Vitória

O vereador das Infraestruturas e Mobilidade da Câmara Municipal da Praia da Vitória realçou o esforço efetuado pelo município na implementação de medidas que visem aumentar a qualidade de vida das pessoas com mobilidade reduzida, facilitando o acesso das mesmas aos diversos serviços e também às zonas balneares do concelho.

“É essencial criamos condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida para que estas possam usufruir de tudo o que o nosso Concelho tem para oferecer. Por este motivo, a autarquia praiense tem realizado vários investimentos, dos quais destaco a colocação de rampas em alguns edifícios, o rebaixamento de passeios, a ampliação dos passadiços de acesso ao mar, a aquisição de cadeiras anfíbias e a implementação de um sistema de alarme nas instalações sanitárias destinadas a pessoas com mobilidade reduzida, que pode ser acionado em caso de emergência, fazendo com que as mesmas sejam socorridas de imediato”, evidenciou Osório Silva na cerimónia de hasteamento da bandeira “Praia Acessível”, realizada na manhã de hoje, na Praia Grande.

O autarca evidenciou que “são três as zonas balneares do concelho que ostentam este galardão — Porto Martins, Biscoitos e Praia Grande — , demonstrando “orgulho” e “empenho” em criar condições para que as pessoas com mobilidade reduzida “possam desfrutar da época de veraneio da melhor forma possível”.

“Este é um trabalho contínuo que pretendemos manter, pois apesar destas pessoas serem uma minoria, merecem a nossa atenção. Com estas iniciativas, pretendemos promover o bem-estar dos habitantes locais, mas também daqueles que nos visitam, combatendo as barreiras arquitétonicas, a fim de construirmos uma sociedade mais justa e igualitária””, enfatizou Osório Silva.

Já o presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz, Carlos Armando Costa,salientou o trabalho realizado por esta entidade no âmbito da manutenção das zonas balneares.

“Há quatro anos, assumimos a tarefa de efetuar a limpeza das praias localizadas na nossa freguesia, designadamente a Prainha, Praia Grande, Praia dos Sargentos e Praia da Riviera, tornando-as locais aprazíveis para todos os que as frequentam. Iremos manter a aposta na manutenção destes locais, que representam pontos turísticos e, como tal, devem ser potenciados”, frisou.

O programa “Praia Acessível, Praia para Todos” foi criado em 2004, o Ano Europeu das Pessoas com Deficiência, no sentido de facilitar a acessibilidade das pessoas portuguesas com mobilidade condicionada às zonas balneares. Este projeto engloba zonas costeiras e interiores, cujas águas estejam classificadas como balneares e que possuam nadador-salvador.

Para receber a distinção de “Praia Acessível”, as zonas balneares devem reunir um conjunto de condições descritas na legislação em vigor. É necessário que estes espaços possuam rampas de acesso, estacionamento ordenado e reservado, bem como cadeiras anfíbias.

Relativamente à aquisição das cadeiras anfíbias, esta pode ser realizada no Gabinete de Desporto do Município, localizado junto ao estádio municipal, mediante marcação com 24 horas de antecedência, pelos contactos 915 772 392/ 915 772 393 ou através do endereço de correio eletrónico: desporto@astp.pt.

O hasteamento da bandeira “Praia Acessível” contou com a participação de diversos utentes do Centro de Apoio à Deficiência da Praia da Vitória.

 

 

 

 

Foto: CMPV

GC CMPV/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/municipio-melhora-acessibilidades-a-pessoas-com-mobilidade-reduzida-na-praia-da-vitoria/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.