Ministro quer manter voos da TAP para os Açores apesar do encerramento das lojas

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas afirmou hoje que o mais importante é garantir as rotas da TAP para os Açores, apesar de a empresa pública estar a encerrar as lojas no arquipélago.

“O mais importante é garantir as efetivas ligações, os voos e as rotas e isso a TAP tem estado a assegurar, após as alterações que fez no inicio da sua atividade”, afirmou Pedro Marques, na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas.

Em resposta às questões levantadas pelo deputado social democrata açoriano, António Ventura, o governante disse, referindo-se aos encerramentos das lojas da Transportadora Aérea Portuguesa nas ilhas Terceira e São Miguel, que “a forma como hoje as empresas se relacionam, nomeadamente as empresas de transporte aéreo, mudou muito”, não implicando que as pessoas “não tenham relação” com estas empresas.

António Ventura recordou que, por duas vezes, a Assembleia Legislativa dos Açores pronunciou-se, por unanimidade, para que o Governo da República inverta a situação do encerramento de lojas no arquipélago, uma vez que é detentor da maioria do capital da empresa.

“A questão é saber o que vai fazer o Governo: se vai, efetivamente, atuar e diligenciar neste sentido ou se vai desconsiderar  e desrespeitar a autonomia açoriana”, realçou o deputado açoriano.

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *