Ministro do Ambiente acha que as análises à água na Terceira “seguem padrões” da OMS

O ministro do Ambiente afirmou, na Assembleia da República, que as análises que são feitas ao abastecimento de água na Praia da Vitória “certamente” seguem os padrões da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Matos Fernandes respondia ao deputado do PSD/Açores, António Ventura, no âmbito de uma audição na Comissão Parlamentar de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação.

O social democrata alertou que a legislação em vigor não abrange, nas análises efetuadas à qualidade a água, parâmetros de outro tipo de componentes, tais como, o naftaleno, o vanádio ou os teores de chumbo.

António Ventura recordou que já no relatório ambiental, efetuado pelos norte-americanos em 2013, é assumido, claramente, que a qualidade da água está a degradar-se no concelho da Praia da Vitória.

O parlamentar açoriano referiu, igualmente, que os norte-americanos utilizam, com o fim de consumir a água fornecida na rede pública, um processo de osmose inversa para separar estes componentes químicos.

O deputado do PSD/Açores questionou se o Governo nacional “aceita estipular, nas análises atuais, de forma constante, parâmetros diferentes daqueles que estão a ser analisados”, entendendo que “em situações excecionais devem existir medidas excecionais”.

“Trata-se de promover a confiança, a credibilidade, a transparência e, acima de tudo, a segurança das populações em termos de saúde”, concluiu António Ventura.

Também a deputada Berta Cabral considerou que o ministro do Ambiente “não pode passar ao lado da questão da contaminação dos solos e aquíferos da ilha Terceira, pois esse é um é um problema nacional”.

“A provar o que dizemos, está o facto de existirem quatro Projetos de Resolução no Parlamento sobre o assunto. O ministro do Ambiente não pode passar ao lado desta questão”, reforçou a vice-presidente da bancada social democrata.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/ministro-do-ambiente-acha-que-as-analises-a-agua-na-terceira-seguem-padroes-da-oms/

1 comentário

    • Francisco on 25 Fevereiro, 2018 at 12:48
    • Responder

    A questão não é essa. Trata-se de estudar a sério a situação, que ultrapassa a da água. As Análises de rotina não são suficientes para esclarecer ou tranquilizar os Terceirenses.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.