Licenciamento da radioterapia na Terceira concluído dentro de um mês

O secretário regional da Saúde destacou hoje, em Ponta Delgada, o esforço que o Governo dos Açores tem feito para que o tratamento dos doentes oncológicos se realize no arquipélago, evitando deslocações para fora da Região.

Rui Luís, que falava aos jornalistas à margem da conferência ‘O Percurso da Oncologia nos Açores – Epidemiologia, prevenção, tratamento e ajuda’, no âmbito do Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, salientou, nesse sentido, a importância da entrada em funcionamento da clinica de radioterapia em São Miguel, adiantando que a conclusão do processo de licenciamento da radioterapia na Terceira deverá acontecer no prazo de um mês.

O titular da pasta da Saúde revelou que “se aguarda apenas que a empresa Joaquim Chaves termine os licenciamentos”, acrescentando que “a Direção Geral da Saúde já emitiu a licença provisória para o seu funcionamento”.

Rui Luís destacou a campanha ‘Nós podemos, eu posso’, da União Internacional de Controlo do Cancro, sublinhando que “a prevenção é assumida com prioridade, porque tão importante como a cura é a urgência da prevenção”.

“A mensagem a passar é a de responsabilização individual e social de diversos temas relacionados com a doença oncológica, que vão desde a prevenção da doença ao acompanhamento do doente e dos cuidadores”, afirmou.

Para o governante, a prevenção da doença passa pela adoção de hábitos de vida saudáveis, pela redução dos fatores de risco, como o consumo de tabaco e de bebidas alcoólicas, pelos rastreios e pela atenção individual aos sinais de alerta.

Rui Luís salientou ainda o papel do voluntariado na melhoria da qualidade de vida dos doentes com cancro, apontando como exemplo o Núcleo Regional da Liga Portuguesa Contra o Cancro, destacando também o trabalho dos voluntários da liga dos amigos dos hospitais, que “espelha o sentido de uma sociedade responsável e solidária que não pode conhecer fronteiras no tratamento e no combate à doença oncológica”.

A conferência que assinalou o Dia Mundial de Luta Contra o Cancro, numa iniciativa da secretaria regional da Saúde, contou com a presença de diversos especialistas da área da oncologia, da radioncologia e do voluntariado.

A celebração deste dia baseia-se na Carta de Paris, aprovada em 4 de fevereiro de 2000, na Cimeira Mundial Contra o Cancro para o Novo Milénio, que apela à aliança entre investigadores, profissionais de saúde, doentes, governos e parceiros da indústria, no âmbito da prevenção e do tratamento do cancro.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

GaCS/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/licenciamento-da-radioterapia-na-terceira-concluido-dentro-de-um-mes/

http://pda.ipma.pt/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.