Graça Silveira defende criação de um roteiro etnográfico nas freguesias

A candidata do CDS-PP à presidência da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo defende “a criação um roteiro etnográfico nas diferentes freguesias”, bem como a imposição de “selos de certificação da autenticidade e qualidade dos produtos gastronómico da ilha Terceira”.

Numa ação onde reuniu e visitou alguns restaurantes e produtores locais do Concelho, Graça Silveira afirmou que um dos desideratos da sua candidatura passa por “valorizar o que é nosso”, ter “Angra mais Concelho”, destacando a necessidade de “Angra ter que se afirmar como o conjunto de todas as suas freguesias e vilas”.

À saída de uma reunião com o proprietário do restaurante “Adega de São Mateus”, a candidata democrata-cristã insistiu na sua tese: “Temos de apostar num modelo de desenvolvimento integrado para o Concelho”, especificando com a proposta de criação de “um roteiro etnográfico nas diferentes freguesias, onde a nossa história, a nossa gastronomia, as nossas manifestações culturais e religiosas se juntam, oferecendo uma experiência única a quem nos visita, gerando emprego e evitando a desertificação das freguesias mais rurais”.

Por outro lado, prosseguiu, “os nossos produtos têm que ser um cartão-de-visita da restauração e da hotelaria de Angra do Heroísmo”, alegando que a autarquia “tem que fazer uso dos vários mecanismos que permitem proteger o que é nosso, nomeadamente selos de certificação da autenticidade e qualidade dos produtos gastronómico da ilha Terceira”.

Graça Silveira compromete-se também “a promover os investimentos” e a “criar os incentivos necessários” para, “nas diferentes freguesias, apoiar o surgimento de pequenas fábricas tradicionais que são, simultaneamente, pontos de atração turística e contribuem para a dinamização da economia local”.

Para a candidata popular, “a Câmara Municipal pode e deve ser facilitadora da viabilização deste tipo de projetos”.

 

 

 

 

Foto: CDS-PP Açores

GI CDS-PP/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/graca-silveira-defende-criacao-de-um-roteiro-etnografico-nas-freguesias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.