Governo justifica fim da ligação Terceira-Madrid com substituição de aeronaves da SATA

O Governo regional justificou ao Parlamento dos Açores o fim da ligação aérea Terceira-Madrid, operada pela Azores Airlines, com a substituição das aeronaves da companhia aérea açoriana.

Em resposta a um requerimento apresentado pelos deputados do PSD/Açores eleitos pela ilha Terceira, o executivo regional refere que “a entrada de novas aeronaves na frota da empresa e a saída de outras (…) a SATA não conseguiria fazer esta operação nos moldes anteriores sem prejuízo para a sua operação regular”.

Na resposta, é esclarecido que a operação Terceira-Madrid “sempre foi e é uma operação charter, em que é estabelecido um contrato entre um operador com uma empresa de transporte aéreo para efetuar um determinado serviço, com um preço pré-estabelecido por voo”.

A operação Terceira-Madrid foi restabelecida no final de dezembro de 2017, o que no entender do Governo dos Açores vai “assegurar fluxos deste mercado para a ilha Terceira durante todo o ano”.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/governo-justifica-fim-da-ligacao-terceira-madrid-com-substituicao-de-aeronaves-da-sata/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.