Jan 09 2018

Governo dos Açores investe 200 mil euros em campanha de promoção do Queijo São Jorge

O Governo dos Açores informou hoje que aprovou a candidatura apresentada pela União de Cooperativas Agrícolas e Lacticínios de São Jorge (UNIQUEIJO) para a realização de uma campanha promocional que visa aumentar a notoriedade e a venda de queijo, comparticipando com um montante de 200 mil euros.

Esta campanha, além da degustação de queijo de São Jorge em vários pontos de venda, inclui vídeos e cartazes, bem como a distribuição de ‘kits’ promocionais.

Para o executivo açoriano, o apoio a este projeto da UNIQUEIJO justifica-se porque o Queijo de São Jorge é um produto fundamental e estruturante para toda a economia da ilha, dando emprego a muitas pessoas e gerando riqueza no setor.

Além disso a campanha vai também contribuir, indiretamente, para aumentar a notoriedade dos lacticínios e dos produtos lácteos produzidos no arquipélago, permitindo ainda à UNIQUEIJO promover o escoamento dos queijos que tem em ‘stock’.

A UNIQUEIJO debateu-se recentemente com a dificuldade de escoamento de ‘stock’ de Queijo de São Jorge, em virtude do aumento da quantidade do queijo certificado.

O Governo Regional, em colaboração com a UNIQUEIJO, tem vindo a desenvolver um conjunto de ações e eventos tendo em vista a promoção do Queijo de São Jorge e, por essa via, criar novas oportunidades de negócio, bem como identificar novos mercados.

O Queijo São Jorge, classificado como Denominação de Origem Protegida (DOP) e detentor do selo ‘Marca Açores’, é um produto totalmente natural e tradicional, sendo feito exclusivamente com leite cru de vaca e fabricado em três unidades fabris.

Está disponível nos formatos inteiro (cerca de 10 quilos), quartos e cunhas, com uma cura que varia entre 3 e 24 meses.

Os Açores são responsáveis pelo fabrico anual de 29 mil toneladas de queijo, que representam cerca por 50% da produção nacional.

 

 

 

 

Foto: Lactaçores

GaCS/+central

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.