Governo dos Açores altera regulamentos dos programas Integra e Estagiar

logo-estagiarO Conselho do Governo dos Açores deliberou aprovar alterações ao programa INTEGRA e ao programa Estagiar, alargando os seus apoios e abrangência.

No programa de integração de ativos INTEGRA, passa a haver novas majorações às entidades que contratem desempregados provenientes de programas ocupacionais.

Com a presente alteração, o apoio atribuído aos empresários pela celebração de um contrato de trabalho de, pelo menos, um ano com um desempregado que cumpra estas condições é agora majorado em 10%.

Os apoios atribuídos pelo programa são de 350 euros ou 450 euros mensais por um período de um ano, para desempregados inscritos nas Agências de Emprego da Região, respetivamente, há menos e há mais de um ano.

A contratação de jovens até à idade de 29 anos tem, no âmbito deste programa, um tratamento diferenciado através da atribuição de apoios superiores e consoante as suas habilitações literárias, podendo atingir o valor de 550 euros mensais.

O programa também incentiva a contração de desempregados com mais de 50 anos, atribuindo uma majoração de 20% sobre os apoios a conceder.

O INTEGRA tem sido uma ferramenta fundamental no desenvolvimento económico da Região, tendo permitido até agora a contratação de cerca de 2.300 pessoas que se encontravam desempregadas e que, através desta medida, voltaram ao mercado de trabalho.

A alteração do regulamento do programa Estagiar, torna-o acessível a um maior leque de empresas e de jovens.

Assim, no âmbito dos estágios L e T, podem agora candidatar-se as empresas que, não estando ainda obrigadas a entregar o Relatório Único, demonstrem ter iniciado a sua atividade nos três meses anteriores à candidatura.

No âmbito do Estagiar U, passam a poder aceder a esta modalidade os jovens que frequentem cursos de pós-graduação, acrescendo aos que frequentem curso que confira grau de licenciatura ou mestrado, os quais estavam já abrangidos pelo regulamento em vigor.

O Estagiar tem sido um valioso instrumento para a integração dos jovens no mercado de trabalho. Criado em 1998, há 18 anos que é uma alternativa de qualidade que o Governo dos Açores apresenta aos jovens que terminam a sua formação, quer superior, quer profissional.

Até ao momento, já passaram por este programa 13.406 jovens Açorianos e durante este mês de agosto volta a estar aberta mais uma fase de candidaturas para os estágios L e T a iniciar em outubro próximo.

A grande adesão ao programa Estagiar constitui uma prova inequívoca do seu êxito enquanto medida que representa para os jovens um fator de segurança no período imediatamente a seguir à conclusão dos seus estudos.

O Programa Estagiar L pode ter uma duração de até 18 meses na ilha de São Miguel e de até dois anos nas restantes ilhas, enquanto o Estagiar T pode prolongar-se até 18 meses em todas as ilhas.

O programa traduz-se também num apoio importante à atividade das empresas nas ilhas de menor dimensão populacional e num estímulo para a fixação dos jovens, que encontram mais e melhores motivos para apostarem no desenvolvimento das suas próprias comunidades.

 

 

 

Foto: GRA

GaCS/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/governo-dos-acores-altera-regulamentos-dos-programas-integra-e-estagiar/

1 ping

  1. […] Governo dos Açores altera regulamentos dos programas Integra e Estagiar […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.