Governo dos Açores afirma que não há favorecimento de companhias aéreas nas Lajes

O Governo dos Açores afirmou esta semana que as regras de utilização da infraestrutura e instalações aeronáuticas das Lajes, na ilha Terceira, “são iguais para todas as companhias aéreas”.

Em resposta a um requerimento apresentado pelo grupo parlamentar do Bloco de Esquerda/Açores, onde se questionava sobre um “tratamento privilegiado” da companhia low cost a operar naquele aeroporto, nomeadamente nas questões do abastecimento e estacionamento de aeronaves.

Na resposta, o executivo regional refere que “não tem conhecimento de infrações a normas de segurança aquando do abastecimento das aeronaves” e que as normas e procedimentos de segurança nestes abastecimentos “estão instituídos e devidamente regulamentados”.

O BE denunciava a existência de registos visuais do abastecimento de aeronaves da companhia aérea de baixo custo Ryanair enquanto os passageiros saíam do avião e que era garantido um lugar estratégico para o estacionamento dos seus aviões, o que, no entender dos bloquistas, acontece em prejuízo e com sobrecustos para outras companhias, nomeadamente a SATA.

O Bloco de Esquerda denunciava ainda que existe “discriminação nas condições das instalações destinadas aos funcionários da SATA, que estão há dois anos à espera da realização de obras que confiram instalações condignas, são confrontados com o facto de os funcionários da Ryanair usufruírem de infraestruturas remodeladas”.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/governo-dos-acores-afirma-que-nao-ha-favorecimento-de-companhias-aereas-nas-lajes/

1 comentário

    • jorge henrique vieira de freitas on 18 Junho, 2017 at 0:00
    • Responder

    Esta senhora não sabe o que diz , por acaso estava no parque e vi os passageiros se dirigiam para o avião e na altura em que estava ser efetuado o abastecimento, mas a torre de controle reteve as os passageiros, e quando acabo o abastecimento, é que foram autorizados a entrarem no Avião, eu sei que nunca mais aconteceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.