Garantia de rendimentos é garantia da proteção dos recursos piscatórios nos Açores

anibal-piresO primeiro candidato da CDU/Açores, às eleições regionais da próxima semana, entende que para proteger os recursos da pesca é preciso primeiro garantir o rendimento dos pescadores açorianos.

Aníbal Pires considerou que, “apesar dos muitos investimentos de fachada” a comunidade piscatória tem sido desprezada pelo poder político.

“A verdade é que não tem sido o que nós consideramos essencial, que é dar-lhe formação e garantir-lhes rendimentos”, afirmou o candidato na Vila de Rabo de Peixe, onde esteve acompanhado pela primeira candidata por São Miguel, Cátia Benedetti, acrescentando que “a política de pescas falhou justamente porque não está centrada nas pessoas”.

Aníbal Pires lembrou que a soldada média durante os primeiros meses deste ano foi de apenas 56 Euros por mês e por trás destes pescadores estão milhares de famílias cuja subsistência depende da pesca.

“Há outros problemas na pesca, como a sustentabilidade dos recursos, mas temos primeiro de garantir a sustentabilidade social da actividade. Por isso a CDU vai propôr a utilização dos fundos europeus do FEAMP para financiar as paragens biológicas, garantindo o rendimento dos pescadores”, salientou.

Aníbal Pires alertou “há já mais uma ameaça pendente sobre o setor das pescas dos Açores”, referindo-se à proposta de novos cortes nas quotas, nomeadamente no goraz e na abrótea, entre outras espécies muito importantes para os pescadores açorianos.

“Assim, é preciso que o Estado Português e a Região lutem para que a gestão dos nossos mares seja feita por nós, pelas comunidades, em proximidade”, declarou o candidato da CDU.

 

 

 

 

 

Foto: CDU Açores

GI CDU/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/garantia-de-rendimentos-e-garantia-da-protecao-dos-recursos-piscatorios-nos-acores/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.