Empresários satisfeitos com evolução positiva do Turismo mas reclamam investimentos

A Comissão da Promoção e Dinamização do Turismo da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH) veio hoje demonstrar a sua satisfação pelo aumento do fluxo de turistas que se tem verificado na Terceira, e com ele, o impacto positivo na economia da ilha, não só para os setores da hotelaria, restauração e animação turística, como também, de forma indireta, para os setores do comércio e construção civil.

De acordo com dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores, a ilha Terceira registou, entre janeiro e junho de 2017, mais de 134 mil dormidas, o que representa um acréscimo de 10,4% face o período homólogo. A estadia média, nos primeiros seis meses, teve variação positiva de cerca de 6%, ficando nas 2,7 noites. Já os proveitos totais nos estabelecimentos hoteleiros e restauração da ilha terceira, no mesmo período, atingiram os 4,8 milhões de euros o que significou um crescimento de 17,1% face o período homólogo.

Pese embora esta evolução bastante satisfatória, considera a CCAH de extrema importância uma avaliação minuciosa das necessidades de investimento pelas diversas entidades, de modo a garantir a sustentabilidade deste crescimento.

“Este assunto tem sido por diversas vezes colocado por esta comissão, entre as quais se destaca a reunião alargada com várias entidades intervenientes na área do turismo reunião alargada, realizada em novembro de 2016”, referem em comunicado.

Em concreto, a Comissão propõe que sejam consideradas como prioridades para o próximo orçamento da Região e dos Municípios os acessos às Furnas do Enxofre; a preservação da Gruta do Algar do Carvão; a execução do projeto de requalificação da área de acesso à Gruta do Natal e Trilho dos Mistérios Negros; implementar novas áreas marinhas protegidas, qualificando o produto mergulho; maior fiscalização do Parque Arqueológico Subaquático; a requalificação, conservação e criação de novas estruturas de apoio nas zonas balneares da ilha; requalificar e criar novos pontos de visitação; desbloquear o acesso ao Bunker da Serra do Cume; realização de estudos relativamente ao impacto do aumento da visitação e definição de medidas para a preservação dos nossos Trilhos e a criação de mais 5 trilhos até a próxima época alta.

Os empresários entendem que estas medidas terão um impacto muito positivo no que respeita ao tempo de permanência do visitante na ilha Terceira.

 

 

 

 

Foto: Direitos Reservados

CCAH/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/empresarios-satisfeitos-com-evolucao-positiva-do-turismo-mas-reclamam-investimentos/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.