Desenvolvimento do porto da Praia da Vitória terá um custo de 300 M€ a suportar exclusivamente por privados

A ministra do Mar informou esta semana que a concretização do projeto de desenvolvimento do porto comercial da Praia da Vitória, na ilha Terceira, tem um valor estimado de 300 milhões de euros, investimento a ser executado exclusivamente por privados.

Numa resposta aos deputados do PSD/Açores na Assembleia da República, Berta Cabral e António Ventura, que chegou um ano depois da pergunta, o gabinete de Ana Paula Vitorino refere que este projeto, elaborado pela empresa Portos dos Açores, S.A., concerne a criação de um serviço shuttle (shuttle-in shuttle-out) nos Açores, no âmbito das Autoestradas do Mar, no intuito de captar o transporte de carga marítima entre a Europa e o continente americano, evitando-se os terminais congestionados no norte da Europa.

O ministério do Mar salienta que, no sentido de criar condições de candidatar este investimento ao Plano Juncker, será necessário aprofundar a informação relativa ao projeto, designadamente em termos de âmbito e respetivo enquadramento nas Autoestradas do Mar, objetivos, caraterísticas, técnicas de intervenção, investimento, calendário de execução física e financeira e nível de maturidade do projeto.

Sobre a possibilidade de investimentos diretos no porto da Praia da Vitória, inscritos no Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) como responsabilidade direta do Governo da República, o gabinete da governante refere que a tutela do porto é exclusividade da Região, logo a questão deverá ser colocada ao Governo dos Açores.

 

Foto: JEdgardo Vieira

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/desenvolvimento-do-porto-da-praia-da-vitoria-tera-um-custo-de-300-me-a-suportar-exclusivamente-por-privados/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.