Cordeiro acusa Coelho de “matar as hipóteses” de desenvolvimento da ilha do Faial

vasco-cordeiroO presidente do Partido Socialista dos Açores acusou ontem o Governo da República do PSD/CDS-PP de ser o responsável pela falta de segurança e de operacionalidade do aeroporto da Horta.

“Quem não colocou a ampliação do aeroporto da Horta no caderno de encargos da privatização da ANA, quem, aqui na Horta, na câmara municipal, matou as hipóteses de ampliação do aeroporto da Horta foi o Governo da República do PSD, foi a atual líder do PSD, enquanto Primeiro-ministro”, afirmou Vasco Cordeiro na sessão pública de apresentação da lista de candidatos pelo Faial, questionando “onde estavam aqueles que agora se armam em grandes paladinos dessas medidas”.

O socialista respondeu que “estavam escondidos, estavam calados, foram cúmplices dessa atitude inqualificável para com o Faial”.

Vasco Cordeiro referiu igualmente que “quem deixou que a TAP abandonasse a ilha do Faial foi o Governo da República do PSD”.

Sobre a segunda fase da Variante da cidade da Horta, o candidato do PS, às eleições legislativas de outubro, lembrou que o executivo nacional do PSD “disse à Comissão Europeia que não necessitava de mais dinheiro para estradas”.

“É importante que se esclareça que quem garantiu que a ilha do Faial não ficava sem acessibilidades aéreas, sem acessibilidades ao exterior, foi o Governo Regional do Partido Socialista, foi a nossa companhia aérea, a SATA. Isso pode, e deve, ser lembrado porque é um ato de justiça”, considerou o líder socialista dos Açores.

 

 

 

 

Foto: PS Açores

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/cordeiro-acusa-coelho-de-matar-as-hipoteses-de-desenvolvimento-da-ilha-do-faial/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.