CDU continua empenhada na “defesa dos direitos de quem trabalha”

apiresO primeiro candidato da CDU/Açores às eleições regionais de 16 de outubro reafirmou ontem que a Coligação é a única que defende, no Parlamento Regional e fora dele, os direitos de quem trabalha, como por exemplo lutando pelo aumento do do complemento regional ao salário mínimo de 5% para 7,5%, medida essencial para melhorar os rendimentos de quem vive do seu trabalho e fazendo convergir os salários dos trabalhadores açorianos com os dos restantes trabalhadores portugueses. 

Aníbal Pires referiu-se também à relevância que continua a ter a indústria transformadora para a Região, nomeadamente pelo seu papel na criação e manutenção de emprego e a Cofaco é um exemplo de uma empresa de grande importância para a ilha do Pico e para a Região.

“A CDU tem defendido sempre a manutenção desta fábrica na ilha, nomeadamente através do apoio à sua modernização. Sendo também uma indústria exportadora situada numa Região Ultraperiférica, esta empresa tem naturalmente custos agravados”, afirmou numa acção de contacto com trabalhadores da Conserveira.

O candidato acrescentou que, nesse âmbito, a CDU “vai continuar a propor, no Parlamento Europeu, um programa comunitário específico para as regiões ultraperiféricas, no domínio dos transportes (POSEI – Transportes), para apoiar o acesso das produções regionais aos mercados”.

 

 

 

 

Foto: CDU Açores

GI CDU/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/cdu-continua-empenhada-na-defesa-dos-direitos-de-quem-trabalha/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.