CDS/Açores compromete-se com plano urgente para combater listas de espera cirúrgicas

Artur LimaO líder e candidato do CDS-PP/Açores pelo círculo eleitoral da Terceira propôs hoje a criação de um plano urgente de combate às listas de espera cirúrgicas, o CIRURGE.

“Há gente que está há dois, três, quatro e cinco anos à espera de uma cirurgia vascular, em Ponta Delgada, de uma cirurgia ortopédica em Angra do Heroísmo e na Horta, de uma cirurgia ocular em todos os hospitais”, disse Artur Lima, em declarações aos jornalistas, junto ao Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.

O cabeça de lista pela ilha Terceira, comprometeu-se a apresentar na próxima legislatura o CIRURGE – Plano Urgente de Cirurgias, para permitir “um combate rápido e urgente” às listas de espera, com o envio dos doentes que estão há mais tempo à espera de uma cirurgia para hospitais sociais ou privados no continente português.

Segundo Artur Lima, este plano prevê um investimento de cerca de 3 milhões de euros, verba que o candidato quer desviar do montante previsto para promoção turística.

“Os Açores são uma terra muito bonita para turista vir ver, mas nós queremos os Açores para açoriano viver e viver com saúde. Por isso, vamos retirar cerca de 3 milhões de euros da promoção turística, que foi o gasto no ano passado, para um combate rápido e urgente aos casos que estão há mais tempo em lista de espera cirúrgica nos Açores”, frisou.

O candidato centrista considerou que com a adoção do CIRURGE será possível implementar, em “velocidade cruzeiro”, o Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia dos Açores (SIGICA), aprovado, em setembro, na Assembleia Legislativa dos Açores, por proposta do CDS-PP.

O sistema prevê que os doentes possam ser operados noutros hospitais da região, que não o da sua ilha de residência ou mais próximo, uma vez ultrapassado 50% do tempo máximo de resposta garantido para determinada cirurgia.

Quando o Serviço Regional de Saúde não conseguir dar resposta dentro do tempo máximo, é emitido um Vale Saúde, que garante ao utente a realização da cirurgia numa unidade de saúde pública, privada ou pertencente ao setor social.

Assumindo a saúde como prioridade do programa eleitoral do CDS-PP, Artur Lima comprometeu-se, ainda, a “insistir e persistir” na proposta de criação de um enfermeiro de família, que foi apresentada pelo partido em 2007, mas continua “em projeto-piloto”.

“Cada enfermeiro de família pode acompanhar cerca de 300 a 400 famílias. Valorizava os cuidados primários de saúde, que é o que nós precisamos, acompanhava os diabéticos, os acamados, os hipertensos. Fazia um acompanhamento de proximidade na freguesia e isso é o que os açorianos precisam”, salientou.

 

 

 

 

Lusa/+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/cdsacores-compromete-se-com-plano-urgente-para-combater-listas-de-espera-cirurgicas/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.