CDS/Terceira critica incapacidade do Governo em assegurar o transporte de carga aérea de e para a ilha

A Comissão Política de Ilha (CPI) do CDS-PP Açores na Terceira está preocupada com a falta de capacidade do Governo regional em assegurar o transporte de carga aérea de e para a ilha, ainda mais agora que a República decidiu não realizar mais concursos para o transporte de carga aérea entre os Açores e o Continente.

Em comunicado, a estrutura de ilha liderada por Nuno Melo Alves entende que a operação privada de transporte de carga aérea, que irá iniciar em breve, vai prejudicar os empresários da Terceira, porque o operador privado só transportará carga aérea entre São Miguel e o Continente.

“A falta de transportes aéreos de carga entre as várias ilhas e o Continente é reconhecidamente um dos maiores entraves à exportação de bens perecíveis, prejudicando claramente os produtos agrícolas, incluindo a floricultura. A nível regional, através dos seus deputados, o CDS-PP já propôs em diversas ocasiões a utilização de um avião cargueiro para escoamento das exportações de toda as ilhas, situação que o Governo regional tem recusado reiteradamente”, lembram os democratas cristãos terceirenses.

No entender da CPI do CDS-PP/Terceira, esta posição do executivo “revela desconhecimento da realidade arquipelágica açoriana e prejudica as exportações da Terceira, ao não avançar de imediato para novo concurso para o transporte aéreo de carga, com obrigações de serviço público, ao nível de frequências, de tarifários e de toques na ilha Terceira, que fica de fora da operação anunciada pelo Consórcio Mais, que servirá apenas São Miguel com voos diretos”.

“Lamentavelmente, o Governo regional revela-se incapaz de fazer ver ao Governo da República a necessidade de se encontrar urgentemente uma solução que permita desenvolver a economia exportadora da ilha Terceira”, sublinham, criticando também que a República “se recuse a criar as condições para o desenvolvimento económico da Terceira, continuando a recusar até as medidas previstas no PREIT — Plano de Revitalização Económica da Ilha terceira — e que o Governo regional não se empenhe devidamente neste assunto”.

Para o CDS-PP/Terceira, esta situação “tem que ser vista como falta de empenho ou de capacidade do Governo regional em afirmar a Autonomia e como indiferença do Governo da República em relação à realidades que afetam a Terceira”.

 

 

Foto: JEdgardo Vieira

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/cds-terceira-critica-incapacidade-do-governo-em-assegurar-o-transporte-de-carga-aerea-de-e-para-a-ilha/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.