CDS-PP assume-se como única força da oposição em Angra do Heroísmo

O grupo municipal do CDS-PP em Angra do Heroísmo assumiu-se ontem como única força da oposição no concelho, ao votar contra o Plano e Orçamento da Câmara Municipal para 2019.

“Apesar de concordarmos com alguns aspetos dos documentos previsionais de 2019, tais como a manutenção de minorações no IMI para algumas freguesias, como incentivo económico ao seu desenvolvimento, e o não aumento nos tarifários dos Serviços Municipalizados, as propostas das Grandes Opções do Plano e de Orçamento são descaraterizadas e quase uma fraude aos eleitores”, assume Nuno Melo Alves.

Segundo o líder do grupo municipal do CDS-PP e também presidente da Comissão Política de Ilha do CDS-PP/Terceira, “quem votou no PS não pode estar satisfeito com este Orçamento, que deixa cair as bandeiras eleitorais”, dando como exemplos o Mercado do Bailão e a central de camionagem, que, recorda, transitavam do mandato anterior.

“O CDS-PP não ganhou a Câmara Municipal concorrendo contra as propostas que o PS deixa agora cair, pelo que consideramos que os eleitores foram enganados e estão a ser enganados com este orçamento, que não reflete aquilo em que votaram”, sublinha, constatando que o CDS-PP “é a única força política de oposição” nos órgãos municipais, uma vez que o PS e o PSD votaram a favor das Grandes Opções do Plano e do Orçamento da Câmara Municipal.

 

 

+central

 

Link permanente para este artigo: http://maiscentral.com.pt/cds-pp-assume-se-como-unica-forca-da-oposicao-em-angra-do-heroismo/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.